quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2013 05:09h Erik Ullysses

Suspeito de matar homem com um tiro na cabeça em 2010 vai a júri popular em Divinópolis

O júri popular aconteceu durante o dia de ontem no Fórum, e até o fechamento dessa edição a sentença ainda não havia sido proferida.

Ontem no Fórum Manoel de Castro foi realizado o julgamento de Wellington Vilela Rodrigues, de 24 anos. Wellington é acusado de matar Marco Elias dos Santos, no dia 24 de outubro de 2010, no bairro Quintino, em Divinópolis.
O crime aconteceu na MG-050, quando o carro de Marco Elias capotou na rodovia. Inicialmente, acreditou-se que a morte de Marco havia sido provocada pelo acidente, até que saiu o laudo da necropsia, onde a perícia constatou que a vítima havia sido morta com um tiro na cabeça. As investigações apontaram para Wellington como o autor do assassinato. Ele está preso há cerca de dois anos no presídio Floramar. No processo diz que a vítima dirigia o carro pela MG-050, quando foi abordado por Wellington, que estava armado com um revólver. Ao tentar fugir, a vítima perdeu o controle do carro, que capotou, vindo posteriormente a ser constatado o projétil em sua cabeça. A suspeita é de que o crime tenha relação com o tráfico de drogas.
O julgamento teve início ainda na parte da manhã com o sorteio das sete pessoas que compuseram o júri popular e o qual foi presidido pelo Juiz da 3ª Vara Criminal, Mauro Riuji Yamane. Fizeram parte da banca cinco homens e duas mulheres. Foram ouvidas testemunhas, o acusado e também ocorreu o debate entre acusação e defesa. Porém, até o final dessa edição o julgamento ainda não havia terminado.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.