sexta-feira, 21 de Outubro de 2011 11:24h Paulo Reis

Suspeito de matar irmão confessa crime

Um homem de 23 anos foi assassinado pelo próprio irmão de 32, por volta das 2h desta quarta-feira (19) na Rua Antônio Mendes, centro de Igaratinga. Segundo levantamentos da Polícia Militar, o acusado teria chegado em casa incomodando os seus familiares, que já estavam dormindo.


A vítima Laerte Concórdia começou uma discussão com o irmão e suspeito Eduardo conhecido popularmente por Loirinho, e dentro de instantes virou agressão física. A briga se estendeu para a rua e terminou de forma trágica. Durante a confusão, Loirinho teria esfaqueado o irmão três vezes, sendo uma no braço e duas no peito. Laerte chegou a ser socorrido para o Hospital Nossa Senhora da Conceição, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
Enquanto os policiais rastreavam Igaratinga à procura de Eduardo, ele se apresentou aos policiais civis da 3ª Delegacia Regional de Pará de Minas, por volta das 7h da manhã, e assumiu a autoria do homicídio.


Genilton Portilho de Faria, que responde interinamente pela inspetoria de investigadores da delegacia, informou que Eduardo confessou a morte do irmão e esclareceu que tudo começou com uma simples discussão familiar.


O suspeito não quis falar com a imprensa, mas disse aos policiais que antes de agredir o irmão com a faca de cozinha, ele foi atacado com várias pauladas. Eduardo Moreira Diniz demonstrava muito arrependimento pelo assassinato.


Ele foi autuado em flagrante pela delegada de plantão e agora está à disposição da justiça na penitenciária Pio Canedo, em Pará de Minas. O corpo de Laerte Diniz Concórdia foi sepultado às 18h no cemitério municipal de Igaratinga.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.