quinta-feira, 2 de Junho de 2016 19:18h Atualizado em 2 de Junho de 2016 às 19:21h. Polícia Civil de Minas Gerais

Suspeito de matar mulher a facadas é preso em Contagem

A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu, nesta segunda-feira (30), Sérgio Martins Amorim, (conhecido como Serginho), de 49 anos, apontado como responsável pelo homicídio da ex-companheira Ilda Efigênia de Lima, de 61 anos

O suspeito foi preso quando compareceu ao Fórum de Contagem para assinar documentos referentes ao inquérito. Ilda foi morta a golpes de faca, na noite do dia 06 de abril deste ano, no bairro São Mateus, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Conforme investigação, Sérgio entrou, sorrateiramente, na casa da vítima e a esfaqueou até a morte. “O álibi apresentado por Sérgio foi desmentido pelos próprios colegas, pois, afirmaram que o autor se afastou de suas presenças e permaneceu em local desconhecido dos mesmos por aproximadamente meia hora, tempo que levou para executar a vítima”, contou a delegada que conduziu as investigações Fabíola Oliveira.

Antes de fugir para o interior do estado, Sérgio chegou a ameaçar testemunhas do crime. “Ilda era conselheira da pasta de saúde do município de Contagem e sua morte gerou revolta na população da cidade”, acrescentou a delegada.

O inquérito policial foi concluído e encaminhado à Justiça no dia 19 de abril. Sérgio irá responder por homicídio triplamente qualificado, por motivo fútil, utilizando meios que dificultaram a defesa as vítima e contra a mulher por razões da condição de sexo feminino – o feminicídio, combinado com o inciso que versa sobre homicídio contra pessoa maior de 60 anos.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.