sexta-feira, 20 de Janeiro de 2012 14:15h Flaviane Oliveira

Suspeitos trocam tiros com a Polícia Militar após sequestrar taxista e assaltar supermercado

Um motorista de táxi foi sequestrado na Praça Padre José Pereira Coelho, centro da cidade de Pará de Minas na tarde da última quarta feira (18). Dois indivíduos entraram no táxi e mandaram que o motorista de 31 anos os levasse até o Bairro Padre Libério. O motorista contou à polícia que antes de chegar ao radar eletrônico do bairro Padre Libério, os suspeitos sacaram um revólver e anunciaram o assalto, mandando que ele seguisse sentido a São José da Varginha. Ainda na MG 431, a dupla determinou que o motorista entrasse na estrada vicinal de acesso à comunidade de Barro Preto.
Já na estrada, o taxista foi colocado no porta-malas do carro, um Fiat Siena. Com a vítima no porta-malas, os suspeitos foram até Bom Jesus do Pará e assaltaram um supermercado na Praça da comunidade. Os suspeitos ameaçaram os funcionários do supermercado com uma arma e levaram  um litro de bebida e aproximadamente R$700,00 em dinheiro.
Após o assalto ao supermercado, os criminosos seguiram para Pará de Minas pela estrada vicinal de acesso à penitenciária Pio Canedo e seguiram em fuga. Ao passarem com o táxi pela Avenida Presidente Vargas, os suspeitos foram avistados por uma viatura da 19ª Companhia Independente na região do Bairro Senador Valadares.
Em entrevista ao JC Notícias de Pará de Minas, o sargento Lauro Breno, militar que comandou a operação, informou que o táxi foi interceptado na Rua Azarias Gomes de Oliveira e a partir de então a dupla saiu do carro atirando e os policiais revidaram a agressão, mas ninguém ficou ferido. Três tiros perfuraram a lataria do Fiat Siena, dois na lateral esquerda e um no pára-choque traseiro. Durante a fuga o carro atingiu o muro do posto de saúde e os suspeitos ainda tentaram correr pelo bairro, mas foram perseguidos e presos.
Durante a prisão, um deles ainda tentou atirar contra os militares, porém a polícia impediu o acionamento do revólver calibre .22, que foi apreendido e a PM acredita que outro revólver foi abandonado pela dupla durante a fuga. Os militares estiveram na casa dos suspeitos e apreenderam o dinheiro roubado no supermercado. O adolescente de 17 anos foi ouvido e liberado. Já o homem de 27 anos já havia cumprido pena por assalto foi autuado em flagrante.

Com informações do JC Notícias
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.