quinta-feira, 30 de Outubro de 2014 05:12h

Taxista de Santo Antônio do Amparo está desaparecido

Ele saiu para fazer uma corrida e não mais voltou para casa, José Campidelli tem 92 anos e ainda trabalha

Um taxista de 92 anos, da cidade de Santo Antônio do Amparo, está desaparecido desde terça-feira (28), quando saiu para fazer uma corrida. José Campidelli dirigia um veículo Corsa cor cinza de quatro portas, placas GVW-0059, de Santo Antônio do Amparo.
José Campidelli foi visto pela última vez às 16h, quando passou em sua residência para pegar um documento, ele contou à família que faria uma corrida, porém, não entrou em detalhes. À noite, por volta de 22h, seu carro foi visto circulando pelas ruas de Santo Antônio do Amparo com quatro homens em seu interior.
Qualquer informação sobre o paradeiro do taxista José Campidelli ou de seu veículo, deve ser repassada imediatamente a Polícia Militar através do número 190 ou 181.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.