quinta-feira, 25 de Outubro de 2012 07:45h Gazeta do Oeste

Testemunhas são ouvidas na primeira audiência sobre a morte da estudante Bárbara Quaresma

Aconteceu na tarde de quarta-feira a primeira audiência de instrução sobre o assassinato da universitária Bárbara Quaresma, de 22 anos, em uma tentativa de assalto na noite de 23 de maio, no Bairro Cidade Nova, Região Nordeste de Belo Horizonte. Conforme o Fórum Lafayette, 13 testemunhas, sendo três de defesa, foram ouvidas. Entre elas está o namorado da estudante, Gabriel Fagundes Quaresma, de 25, que presenciou o crime.

A audiência foi presidida pelo juiz Jair Francisco dos Santos, da 11ª Vara Criminal de Belo Horizonte, que abriu vistas para os advogados de defesa, acusação e o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). As partes terão cinco dias úteis para apresentar as alegações finais a respeito do caso.

Nesta fase, será decidido se os réus Thiago Henrique Fernandes dos Santos, de 21, o Terror e Wagner Henrique Soares da Conceição, de 20, o Waguinho, serão ouvidos. Ainda não há data marcada para uma nova audiência. Thiago, Wagner e Rafael Fagundes da Silva, 18, o Graxinha, que se encontra foragido, foram denunciados pelo Ministério Público por latrocínio, que é o roubo seguido de morte. Caso condenados, os três jovens que se envolveram no crime podem pegar de 20 a 30 anos de reclusão.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.