terça-feira, 23 de Agosto de 2011 10:12h Natalia Santos

Três homicídios são registrados na região no final de semana

Homem é encontrado morto no Rio Itapecerica

Um corpo foi encontrado nesse domingo, 21 de agosto, boiando no Rio Itapecerica próximo no povoado de Cachoeira Ponte de Ferro, mais conhecida como Prainha do 49. A polícia compareceu ao local depois de ser acionada e encontrou o corpo boiando conforme descrito pelos frequentadores do local. O indivíduo foi vitíma de homicídio uma vez que o corpo foi encontrado enrolado em um cobertor, com as mãos e pés amarrados e já estava em estado de putrefação. Este e mais dois homicídios foram registrado na região centro-oeste nesse final de semana.

 

De acordo com a assessoria de comunicação organizacional do 23º Batalhão da Polícia Militar, populares que frequentam o local relataram que estavam pescando, momento em que viram um corpo boiando no rio. O corpo encontrava-se com um cobertor enrolado sobre a cabeça, com as mãos, pés e braços amarrados com arames de cobre, sem camisa e com a calça até o joelho. Compareceu ao local o perito que realizou seus trabalhos. Segundo ele, a vítima tem entre 25 e 30 anos, cor clara, apresentava ferimentos nas costas e possuía tatuagem no antebraço, não podendo identificá-la e aparentava estar em estado de putrefação de três a cinco dias. A viatura do Corpo de Bombeiros compareceu ao local e retirou o corpo da água. O corpo foi encaminhado ao IML. Tentamos contato com o delegado responsável, que se encontrava de folga ontem, 22 de agosto. Segundo informações da Polícia Civil, não há suspeitas sobre o fato e a vítima ainda não foi identificada.

 

Itaúna

 

Outros homicídios ocorreram na região. Na cidade de Itaúna a 39 quilômetros de Divinópolis um homem foi executado e depois carbonizado dentro de um veículo, pessoas tentaram apagar o fogo, mas não conseguiram conter as chamas. Segundo informações da 108ª Companhia do 23º BPM, os militares compareceram a MG-431, no bairro Morro do Engenho onde depararam com a viatura do Corpo de Bombeiros apagando o incêndio em um veículo reconhecido como um GOL. A princípio, os policiais foram informados que no interior do referido veículo havia um corpo parcialmente queimado. Uma testemunha relatou que passava pelo local, quando deparou com o veículo em chamas, e usou o extintor de seu carro no intuito de controlar o incêndio e socorrer a vítima identificada como G.M.E.,de 47 anos.

 

Diante da situação, a perícia foi acionada e após realização dos trabalhos ficou constatado que o homem carbonizado foi vitima de homicídio, uma vez que no corpo  haviam duas perfurações na axila esquerda, não sendo possível afirmar se as perfurações foram provocadas por arma de fogo ou por uma chave de fenda.

 

 


Lagoa da Prata

 

Um homem foi assassinado a facadas no fim de semana, em Lagoa da Prata. O corpo de José Amaral de Souza, de 60 anos, foi encontrado na MG-170. De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima tinha perfurações no tórax e no pescoço.  Ele não tinha nenhuma passagem pela delegacia. O crime ainda está sendo investigado.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.