sexta-feira, 25 de Março de 2016 07:20h Atualizado em 25 de Março de 2016 às 07:39h.

Três novos peritos da Polícia Civil serão designados à Divinópolis

O quadro de profissionais da Delegacia Regional da Polícia Civil ganha um reforço nos próximos dias

O delegado Marco Antônio Noronha anunciou, durante a reunião da Associação Comunitária para Assuntos de Segurança Pública (Acasp), que a nomeação dos novos profissionais é realizada hoje, na capital mineira, e que peritos serão designados à comarca de Divinópolis.
Os novos peritos e legistas já passaram pelo curso de qualificação da Academia de Polícia Civil (Acadepol). Espera-se que eles sejam nomeados para Divinópolis, e serão destinados a áreas distintas. “Se caso der certo a vinda desses profissionais para atender a demanda em Divinópolis, vamos encaminhar um perito para responder pelos trâmites ambientais, outro ficará a cargo do trabalho laboratorial e o terceiro vai integrar aos outros peritos no trabalho de campo”, ressaltou o delegado Marco Antônio Noronha.
Com a formação dos profissionais, a Polícia Civil de Minas Gerais passará a contar com 95 novos peritos criminais, 34 médicos legistas e 925 investigadores que foram nomeados. Além de ampliar o quadro de funcionários, os novos profissionais vão assegurar maior rapidez na produção de provas objetivas para o inquérito policial, contribuindo para a eficácia e qualidade das investigações policiais.

 

 

 

Corpo de Bombeiros
Será realizada neste domingo, às 13h, a primeira fase do concurso para Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. São oferecidas 530 vagas, sendo 500 para Curso de Formação de Soldados (CFSd BM) e 30 para o Quadro de Praças Especialistas (QPE-BM). Das ofertas de formação de soldados, 450 são para homens e 50 para mulheres. Em Divinópolis, 4.054 candidatos vão concorrer às vagas.
Sete centros de educação foram credenciados para aplicar a prova. A UEMG Divinópolis recebe o maior número de candidatos, 1586. Em seguida, vêm: Colégio Cecon (629), Faced (540), E. E. Dona Antônia Valadares (390), E. E. São Francisco de Assis (384), Colégio Anglo (300) e a E. E. Luiz de Melo Viana Sobrinho (225).
Os processos de seleção envolvem prova objetiva, redação, exames médicos, teste de capacitação física, teste psicológico, habilidades natatórias e exame toxicológico. O curso terá início em março de 2017 e a previsão de término é para novembro de 2017. Ainda não há definição de quantas vagas serão destinadas à Divinópolis.

 

 


Créditos: Divulgação Acasp

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.