segunda-feira, 3 de Setembro de 2012 16:18h Gazeta do Oeste

Universitário baleado em assalto no Bairro Funcionários deixa hospital

 O jovem universitário Guilherme Abras Frauche, de 22 anos, que foi baleado após uma tentativa de assalto no Bairro Funcionários, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, recebeu alta na manhã desta segunda-feira. O delegado Rogério de Castro, da 1ª Delegacia de Polícia Civil, responsável pelo caso, afirmou que vai marcar uma data para o estudante ser ouvido.

Guilherme foi baleado em 23 de agosto quando chegava em casa na Rua Gonçalves Dias. Ele foi abordado por dois homens que estavam em uma moto Honda Fun. Ferido, ele ainda correu até a portaria do prédio onde mora, quando caiu ao chão. Ele foi levado em estado grave por policiais militares ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. Após ter uma melhora em seu estado de saúde, Frauche foi transferido para o Hospital Felício Rocho. Ele deixou o local às 9h40 desta segunda-feira.

Os suspeitos do crime haviam assaltado um analista de sistemas, de 40 anos, pouco antes de abordarem o estudante. O homem teve carteira e telefone celular roubados. A vítima é uma das testemunhas chave do caso, pois chegou a perseguir os assaltantes em sua moto, quando viu o universitário ser baleado.

Na última quarta-feira a polícia prendeu Leonardo de Jesus Duarte Pereira, de 34 anos. Ele é apontado como o autor de diversos crimes na região do Bairro Funcionários. A Polícia Militar também suspeita que ele tenha participado da tentativa de homicídio contra Guilherme. A Polícia Civil é mais cautelosa. O delegado Rogério de Castro afirma que ainda é cedo para afirmar que ele participou do assalto e informou que vai aguardar o teor dos depoimentos do estudante e de testemunhas para fazer a comprovação. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.