quarta-feira, 27 de Julho de 2011 09:49h Natalia Santos

Violência em Divinópolis já causou 14 assassinatos

Últimos homicídios continuam em investigação

Mais um final de semana violento em Divinópolis. No sábado (23), uma pessoa morreu após ser baleada e outra ficou gravemente ferida com golpes de faca. Na noite desse domingo (24), uma pessoa foi baleada dentro de casa, no bairro Maria Helena. O homicídio e as duas tentativas continuam sendo investigadas pela Polícia Civil da cidade. Também fazem parte do trabalho investigativo da Polícia os dois homicídios da semana passada.

 

De acordo com o delegado responsável pelos casos, Leonardo Pio, nos assassinatos do dia 18, a polícia avança nas investigações, sendo que no fim da última semana foi preso o suspeito do crime do bairro Itaí. T.H.M., 19 anos, estava no sítio do ex-padrasto T.A.S. de  29 anos em uma zona rural de Igaratinga. No sítio, os policiais encontraram uma quantidade de maconha, que se fracionada totalizaria 40 buchas da droga. Em depoimento, o suspeito confessou o crime alegando disputa por ponto de tráfico de drogas no bairro São João de Deus e que estaria agindo com mais dois suspeitos. T.H.M. disse que a arma do crime foi jogada em um lote vago no bairro São João de Deus. A polícia encontrou a arma calibre 38 no local com duas munições deflagradas e quatro intactas. A polícia descartou ligação entre esse crime e o outro ocorrido no bairro Santo Antônio no mesmo dia.

 


Final de semana

 


Já em relação aos crimes deste final de semana, um deles vem sendo esclarecido, uma vez que a vítima de agressão por arma branca foi atacado sem nenhum envolvimento com tráfico de drogas e se tratou de um desentendimento.

 

Um homem foi assassinado no bairro Del Rey no sábado, 23, à tarde. Na mesma ocorrência outro homem foi baleado e encaminhado ao Pronto Socorro. A Polícia Militar prendeu três suspeitos de participar do crime. O homicídio ocorreu por volta das 17:30, C.F.S. de 29 anos foi alvejado na cabeça e no tórax, falecendo no local. Uma das testemunhas deste homicídio D.M.T. de 24 anos disse que estava no local com a vítima quando foram abordados por dois  indivíduos que dispararam contra C., no decorrer da ocorrência D. foi detido, pois caiu em contradição e ainda estava com as chaves do carro da vítima, interrogado novamente disse que estava no local para comprar drogas.
 


Menos de uma hora depois do homicídio no Bairro Del Rey, um homem foi preso por tentativa de homicídio no bairro Jardim Candelária. De acordo com testemunhas, a vítima V.O.A., 36, estava em um estabelecimento comercial quando o suspeito C.C.F., 31, entrou no local com sintomas de embriaguez ameaçando a vítima, após a discussão C. saiu do local, mas retornou e atingiu V. com um golpe de faca.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.