terça-feira, 3 de Maio de 2011 10:25h Atualizado em 3 de Maio de 2011 às 10:37h. Flávia Brand?o

28º Congresso Mineiro de Municípios tem início hoje

Ângelo Roncalli, prefeito de São Gonçalo do Pará, toma posse na quinta-feira (5) como presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM)

Começa hoje (3), no Expominas, em Belo Horizonte, o 28º Congresso Mineiro de Municípios, que aborda o tema “Comunicação - Ferramenta de Gestão Municipal”. Promovido pela Associação Mineira de Municípios (AMM), o evento gratuito promete reunir cerca de 7 mil pessoas entre elas gestores públicos, empresários, prefeitos dos 853 municípios mineiros e outras autoridades. Ao todo serão realizadas 18 palestras técnicas, quatro conferências com 27 convidados participantes. A programação, que se estende até a próxima quinta-feira (5) se encerra com a posse da atual diretoria da AMM, para o biênio 2011/2013, que terá como presidente, Ângelo Roncalli (PR) , prefeito da cidade de São Gonçalo do Pará.


Segundo informações da AMM mais de 80% dos municípios não têm uma comunicação adequada e, com isso, perdem negócios, não aproveitam todo o potencial municipal e, até mesmo, deixam de receber verbas públicas. O tema “Comunicação - Ferramenta de Gestão Municipal” vem ao encontro dessa necessidade e tem como objetivo principal a mudança desse cenário com a conscientização dos gestores para que os municípios façam uma comunicação efetiva e eficiente entre governos e população. Nesse sentido, serão discutidos e debatidos durante todo o Congresso assuntos ligados a formatos e ferramentas de comunicação, que podem ser utilizadas para melhorar o fluxo de informações nos municípios para que se alcance uma gestão eficiente e moderna.  O evento será oportunidade também para que os gestores públicos troquem experiências e esclareçam dúvidas de como trabalhar a comunicação a favor da população e do governo. Vários aspectos da comunicação estão previstos para serem tratados durante o congresso, entre eles: endomarketing, assessoria de imprensa, ferramentas gratuitas de comunicação, marketing político, novas tecnologias de informação, transparência e governança, relacionamento entre administração pública e imprensa local, contratação de publicidade, entre outros.

 

Palestras

 

  O Congresso irá trazer temas importantes e presença de profissionais de renome nacional. Entre os destaques está a palestra magna, “Transparência e governança: Comunicar bem as ações governamentais é interagir com o cidadão”, que será ministrada pelo fundador e secretário-geral da ONG Contas Abertas, Gil Castello Branco. Outro destaque é a presença do jornalista Caco Barcellos, que irá apresentar o tema “Liberdade de Imprensa - Ética na Comunicação: Limites e Responsabilidades da Imprensa”, justamente no dia em que é comemorado Dia Internacional da Liberdade de Imprensa. Já no segundo dia o tema “Como as novas tecnologias de informação podem agregar valor às políticas públicas” será apresentado pela palestrante e deputada federal eleita pelo Rio Grande do Sul, Manuela D´Ávila (PCdoB).   E no último dia do evento o jornalista e comentarista econômico dos programas da rádio CBN, do Jornal das Dez (da Globonews) e do Jornal da Globo, Carlos Sardenberg irá falar sobre “Os Desafios Econômicos do Brasil, de Minas e o Impacto nos Municípios na Aplicação de Políticas Públicas”. Também no encerramento os palestrantes Paulo Vasconcelos, Rui Resende e Marcos Coimbra se reúnem na conferência “Marketing Político: Gestão da comunicação – do governo as eleições”.


O 28º Congresso reunirá também  seis salas técnicas que tratarão, simultaneamente, de assuntos de interesse dos representantes municipais. Além disso, haverá apresentações culturais como grupos de teatro, música, dança e coral. Durante a programação também estão previstas as entregas das Medalhas do Mérito Municipalista e do Prêmio Mineiro de Boas Práticas na Gestão Municipal.

 

Nova Diretoria 


No encerramento do 28º Congresso Mineiro de Município, o prefeito de São Gonçalo do Pará, Ângelo Roncalli, irá tomar posse como presidente da AMM para o biênio 2011/2013. Para Ângelo o Congresso será espaço para debater a importância da comunicação como ferramenta fundamental para uma gestão eficiente e também oportunidade para levantar a pauta, que será discutida com os deputados federais, já que na próxima semana, quando está agendada a Marcha dos Prefeitos em Brasília. “Esse tema será grande palco para debatermos várias outras questões, que nós iremos utilizar para levantar as principais demandas a nível estadual e federal. Principalmente a nível federal, já que semana seguinte teremos a Marcha de Prefeitos em Brasília, e nós já teremos a atribuição, enquanto diretoria da AMM, de representar os prefeitos mineiros na reunião com toda a bancada federal para mostrar qual a pauta do momento do movimento municipalista, onde estão os principais gargalos e como os deputados podem atuar a nosso favor”, declarou.

 

Metas

 

No movimento municipalista há alguns anos, Ângelo Roncalli destaca que tem acompanhado todas as ações no Estado e no Brasil. Ele afirma que o município é o ente mais fraco da federação, já que hoje quase 60% da concentração dos recursos se concentram no Governo Federal, cerca de 20% no Estado e pouco mais de 13% nos municípios, que é onde existe o maior ônus e as demandas são crescentes freqüentes e recurso menores.  Diante disso, o novo presidente ressalta que é preciso que os municípios se organizem e destaca que a AMM tem justamente esse foro político de representação, na qual busca-se o  diálogo com o Governo Federal, Estadual, com o Ministério Público, com os órgãos da imprensa, com o Tribunal de Contas do Estado, da União, etc com o objetivo de mostrar que os gestores têm procurado se modernizar e as políticas públicas tem avançado, mas é importante sensibilizar esses órgãos, principalmente o Governo Federal, no que tange a avançar e aprovar projetos como a emenda 29, que regulamenta e obriga o Governo Federal a gastar um percentual de 12% na Saúde.


Também como frente de trabalho o novo presidente destaca a aprovação da Reforma Tributária, do Pré-Sal, que irão contemplar uma maior divisão de recursos para os municípios. Além disso, afirma que irá buscar o processo de interiorização dos serviços da AMM e a inauguração da TV AMM, que será a primeira TV municipalista do Brasil, e servirá como canal de informação permanente tanto das ações do Governo Estadual, Governo Federal e também para orientar os prefeitos e mostrar as boas práticas de gestão em diversos municípios, bem como espaço para passar a mensagem de mobilização da AMM em temas são relevante e precisam da união de todos os municípios. “Nosso objetivo não será só a representação política, mas também a orientação e qualificação dos servidores municipais e apoiando cada vez mais a melhoria da qualidade da gestão pública”, finalizou Ângelo.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.