quinta-feira, 4 de Dezembro de 2014 06:03h Atualizado em 4 de Dezembro de 2014 às 06:07h. Jotha Lee

Adiamento de licitação não compromete cronograma da linha aérea

Empresa que vai operar voos comerciais Divinópolis-Campinas confirma manutenção dos prazos

O adiamento da licitação para contratação da empresa que vai operar tecnicamente o aeroporto Brigadeiro Cabral, em Divinópolis, não compromete o cronograma para implantação da linha comercial ligando Divinópolis a Campinas, no interior de São Paulo. A informação foi dada ontem à Gazeta do Oeste pelo secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Paulo César dos Santos.
A licitação para escolha da empresa especializada para prestação de serviços de administração, operação e manutenção do aeroporto, conjugado com a implantação da EPTA, que são as Estações Prestadoras de Serviços de Telecomunicações e Tráfego Aéreo, que deveria ser realizada ontem, foi suspensa em função de uma impugnação impetrada por uma das empresas interessadas. Inicialmente marcada para o dia 1º deste mês, a licitação foi remarcada para ontem e, agora, recebeu novo adiamento.
Duas empresas se apresentaram para o certame e uma delas solicitou esclarecimentos envolvendo questões técnicas. De acordo com o secretário, as respostas solicitadas já foram fornecidas. “Tivemos que suspender o pregão porque os questionamentos chegaram 24 horas antes da licitação ser realizada, não havendo tempo hábil para enviar as respostas. Mas já providenciamos isso”, esclareceu.
A empresa a ser contratada será responsável pelos serviços de tráfego aéreo, de telecomunicações aeronáuticas, de meteorologia e informações aeronáuticas, além de disponibilizar uma rede de auxílios à navegação aérea.

 

 

NOVA DATA
De acordo com o secretário Paulo César dos Santos, não haverá prejuízos ao processo licitatório, pois o edital não foi modificado. Desta forma, não há necessidade de reiniciar todo o processo. “Isso ocorreria se houvesse mudanças no edital, o que não aconteceu. Vamos remarcar a data, que pode ser ainda para essa semana ou no máximo no início da semana que vem”, informou.
O adiamento da licitação não prejudica o cronograma para implantação da linha aérea, conforme assegurou o secretário. Ele informou que manteve contatos ontem com a Azul Linhas Aéreas, que será responsável pelos voos comerciais entre Divinópolis e Campinas, e a companhia garantiu que todos os prazos estão mantidos.

 

 

REFORMAS
A previsão inicial para o início das operações era dia 6 desse mês, porém foi adiada, embora mantida para dezembro. “A linha aérea começa a operar no fim de dezembro, no máximo começo de janeiro de 2015”, disse Paulo César à Gazeta do Oeste em entrevista no dia 18 de novembro. Ele mantém essa previsão e assegura que a Azul está preparada para iniciar as operações.
O secretário informou ainda que as readequações no aeroporto exigidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para a implantação dos voos comerciais estão em fase final. “No máximo até o próximo dia 19 estaremos com o serviço concluído. Vamos começar agora a pintura do pátio da estação de passageiros e iniciar, provavelmente na semana que vem, o asfaltamento da frente do aeroporto, do lado externo, onde ficarão os estacionamentos e também melhorando o acesso do público”, finalizou.

 

 

Crédito: Jotha Lee

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.