segunda-feira, 21 de Dezembro de 2015 11:41h

Assembleia aprova orçamento de R$ 44 milhões para Cis-Urg

O Prefeito de Divinópolis e presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde para o Gerenciamento dos Serviços de Urgência e Emergência (Cis-Urg), Vladimir Azevedo coordenou na manhã desta sexta-feira (18/12)

O Prefeito de Divinópolis e presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde para o Gerenciamento dos Serviços de Urgência e Emergência (Cis-Urg), Vladimir Azevedo coordenou na manhã desta sexta-feira (18/12), na sede da associação Mineira do Vale do Itapecerica (AMVI) em Divinópolis, a assembleia geral do órgão. O encontro contou com a participação de prefeitos e secretários de saúde das 54 cidades da área de abrangência da Região Ampliada Oeste. A assembleia, entre outros assuntos, tratou da aprovação do orçamento de R$ 44 milhões para 2016 e da implantação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

 

O serviço atenderá a todas as cidades de atuação do Cis-Urg através do número 192. O Samu funcionará 24 horas por dia, sete dias por semana, e beneficiará a mais de um milhão de pessoas. A iniciativa de regionalização resultará na redução de mil morte/ano na região, conforme previsão do consórcio.

 

“O trabalho tem surtido efeito. Nós estamos bem avançados e já homologamos o concurso para a contratação de pessoal que serão treinados entre os meses de janeiro e fevereiro. A Central de Regulação do Samu [prédio do antigo Pronto Socorro ao lado do CEM], onde será feito o gerenciamento de atendimento das ocorrências que chegarem pelo 192, está em reforma e a previsão de término é para janeiro. As licitações para a aquisição de insumos também começam a ser planejadas”, pontua Vladimir.

 

Convênio

Durante a assembléia do Cis-Urg foi tratado da assinatura, ainda neste mês de dezembro, do convênio, no valor de R$ 7 milhões, que está sendo estabelecido com o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, para custear parte dos insumos que serão necessários ao consórcio.

“Este convênio representa a parte do Estado para que o Cis-Urg possa cumprir com o seu plano de trabalho. Inclusive com a aquisição das ambulâncias do Samu e outros insumos que são necessários para o seu funcionamento. A Prefeitura de Divinópolis, dentro estruturação deste serviço, entra com o prédio onde funcionará a central de operações e de logística da rede Samu”, diz Vladimir.

 

Estrutura

O Samu nasce com 18 hospitais mapeados e credenciados em toda a região de abrangência do Cis-Urg. Além de 24 bases de ambulâncias. O serviço contará com 31 novas ambulâncias, dessas sete serão ambulâncias avançadas que praticamente são uma UTI móvel.

“Um serviço vai completar o outro. Apesar do Samu não destinar o paciente para UPA Padre Roberto, por se tratar de um serviço de urgência e emergência, ele dividirá com a UPA a lógica e toda a estatística. Este serviço é um ganho importante para Divinópolis e toda a região”, argumenta o secretário de saúde David Maia.

 

Orçamento

O orçamento do Cis-Urg pra 2016 foi discutido e aprovado por unanimidade. De acordo com Vladmir Azevedo, trata-se de uma expectativa de arrecadação feita na “ponta do lápis”. “Para que o Samu, com tudo o que foi projeto para ele possa rodar, vai custar em torno de R$ 38,2 milhões e fizemos um orçamento na casa dos R$ 44 milhões para que a gente tenha a possibilidade de ação mais rápida. Quem sabe não venha uma ambulância a mais, por exemplo, aí já temos uma reserva orçamentária para este tipo de situação para que o consórcio possa ter uma agilidade funcional e operacional com uma reserva orçamentária para o seu fluxo em 2016”, explica Vladimir

 

Créditos: Rodrigo Dias

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.