terça-feira, 10 de Setembro de 2013 07:17h Atualizado em 10 de Setembro de 2013 às 07:55h. Carla Mariela

Assembleia é realizada para debater estadualização da Funedi/Uemg

A lei para estadualização das instituições vinculadas à UEMG foi aprovada em julho e está no momento passando por uma série de estudos. Nesse sentido, os professores e estudantes têm promovido discussões para agilizar a aperfeiçoar o processo.

A deputada estadual, Maria Tereza Lara (PT) esteve em Divinópolis ontem, para participar de uma assembleia promovida pela Funedi/UEMG para debater sobre a estadualização da instituição a convite dos alunos, professores e funcionários.

 


A parlamentar é vice-presidente da Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia da Assembleia Legislativa de Minas (ALMG). Ela acredita que o momento é propício para abrir o diálogo e interatividade entre funcionários e alunos da Funedi com a Assembleia Legislativa do estado, aprofundando-se nesta questão.  "É necessário conversar, compreender os processos, ouvir as pessoas, entender cada realidade. Este encontro nos aproxima da situação e nos fará trilhar o melhor caminho, tenho certeza”, afirmou.

 


De acordo com a parlamentar, ela foi até o encontro dos alunos e professores da instituição, porque participou de todo o processo de aprovação da lei de estadualização, que tem como objetivo principal fazer com que as fundações se transformem em universidades estaduais públicas e gratuitas. “O encontro na instituição com os jovens e professores serviu para discutir a lei de estadualização e todo seu processo. A intenção é garantir que os jovens tenham educação e curso superior gratuito, uma vez que o processo educacional é extremamente importante. Ao mesmo tempo garantir os direitos dos professores, os direitos das fundações que historicamente contribui muito para a nossa sociedade mineira”, enfatizou.
A lei para estadualização das instituições vinculadas à UEMG foi aprovada no mês de julho e está no momento passando por uma série de estudos. Nesse sentido, os professores e estudantes da Funedi têm promovido discussões para agilizar a aperfeiçoar o processo.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.