sexta-feira, 13 de Julho de 2012 15:43h Liziane Ricardo

Assembleia Legislativa aprova o fim do 14º e 15º salário dos deputados

O 14º e 15º salários dos deputados estaduais de Minas Gerais foram extintos por unanimidade em sessão plenária na tarde de ontem (12) na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Ainda no primeiro semestre deste ano o deputado divinopolitano, Fabiano Tolentino (PSD) foi o primeiro parlamentar a abrir mão do benefício e declarar a atitude publicamente. Na seqüência mais quatro deputados também se dispuseram a abrir mão do benefício pago pela Casa Legislativa em oito parcelas durante os quatro anos de mandato como deputado.

 


Segundo Fabiano Tolentino, a ALMG aprovou por unanimidade as duas emendas colocadas em votação junto do projeto dos servidores. “O pagamento no valor de R$ 20 mil em cada um dos salários 14º e 15º servia como uma ajuda de custo que era dividida no decorrer do mandato em oito parcelas. Agora com a nova aprovação será mantida apenas uma ajuda de custo no início do mandato e outra no fim” explicou Tolentino.

 


Um projeto com o mesmo teor do aprovado pelos deputados da ALMG, será apreciado no Congresso Nacional. E de acordo com o peesedessista não foi preciso esperar a aprovação do Congresso para a extinção do benefício em Minas, uma vez que a Mesa Diretora da assembleia tem total autonomia de colocá-lo em apreciação e votação, optando pela extinção do auxílio. “O fato de sermos um dos primeiros deputados a manifestar pela extinção do auxílio, é algo que nos deixa muito feliz, pois acredito que não podemos receber mais que os trabalhadores normais. E com o fim dos salários iremos gerar uma economia de R$ 3 milhões aos cofres públicos”.

 


Duarte Bechir (PSD), Délio Malheiros (PV), Célio Moreira (PSD), Durval Ângelo (PT) junto do divinopolitano Fabiano Tolentino foram os parlamentares que abriram mão do auxílio, mas segundo informações outros deputados mineiros também já sinalizavam o interesse em deixar de receber o 14º e 15º salários.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.