segunda-feira, 2 de Maio de 2011 09:44h Liziane Ricardo

Audiência pluripartidária discutiu destino do Hospital Público

Se reuniram o prefeito, deputados federais e o ministro Alexandre Padilha

O término das obras do Hospital Público Regional (HPR), a aquisição de equipamentos e o custeio da instituição foram discutidos ontem (27) em Brasília, pelo prefeito Vladimir Azevedo (PSDB), o ministro da saúde Alexandre Padilha (PT), o secretário de Estado da Saúde Antônio Jorge juntamente com os deputados Jaime Martins (PR), Domingos Sávio (PSDB), Reginaldo Lopes (PT) e Saraiva Felipe (PMDB) e ainda o reitor da UFSJ Helvécio Luiz Reis.,


De acordo com o cronograma da Prefeitura Municipal de Divinópolis, as obras do Hospital Público estão a todo vapor conforme a previsão do município. Já foram garantidos pelo Estado R$ 36 milhões, sobretudo é preciso discutir ainda o déficit de cerca de R$ 12 à R$ 14 milhões para cobrir o orçamento total da obra que gira em torno de R$ 48 à R$ 50 milhões.


A audiência serviu para reforçar por parte dos governos estadual, federal e dos municípios a garantia e o funcionamento da nova unidade hospitalar que atenderá toda a região Centro Oeste. “Fazer uma obra desta dimensão não é como entregar uma ponte, onde a obra é finalizada e está pronto. Uma obra de saúde requer cuidados e um plano de gestão”, disse o prefeito.
 

Na presença do Secretário de Estado de Saúde Antônio Jorge, foi exposta a importância deste hospital instalado em Divinópolis e que atenderá à macrorregião em 57 municípios. O Estado através da Gerência Regional de Saúde com sede em Divinópolis, elegeu um Comitê de Secretários Municipais de Saúde (Cosems) para a pactuação de custeio do Hospital Público, tendo a saúde uma Programação Pactuada Integrada (PPI) que é feito um rateio entre os secretários de saúde para a participação dos municípios. “Acho que os prefeitos da região terão a sensibilidade de ajudar a solucionar este gargalo do hospital”, frisou Azevedo.
 

Segundo o assessor especial João Luiz de Oliveira Pancho, hoje será feita uma reunião com a empresa Marco XX responsável pela obra para elaborar um plano de entrega de obras.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.