quarta-feira, 8 de Abril de 2015 13:57h Deborah de Salles

Audiência pública debate proteção da criança nos Jogos Olímpicos

Turismo compartilhou estratégias de mobilização de agentes do setor no Rio de Janeiro e nas cidades-sede do futebol

As Comissões de Turismo, Esporte e de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados promoveram, nesta terça feira, em Brasília, uma audiência pública para debater estratégias de enfrentamento à exploração sexual infantil durante os Jogos Olímpicos Rio 2016.

Entre as ações do Ministério do Turismo sobre o tema destacam-se as palestras de sensibilização no Rio de Janeiro e demais capitais que sediarão as partidas olímpicas de futebol, como Belo Horizonte, Brasília, Manaus, Salvador e São Paulo; além do apoio e divulgação da campanha do Governo Federal "Proteja, Não Desvie o Olhar".

Ministério do Turismo tem um programa chamado Turismo Sustentável e Infância que mobilizas agentes ligados ao setor para que se tornem difusores das estratégias de prevenção e enfrentamento da exploração sexual na infância adotadas pela Pasta.

Nosso intuito é atuar à frente de políticas que promovam  a sustentabilidade social e conscientizem o turista para que, ao valorizar nossa cultura e conhecer o que há de melhor no país, possa nos ajudar a preservar a proteger os direitos das crianças e adolescentes", disse o coordenador geral de proteção a infância do MTur, Adelino Neto.

As experiências do Ministério da Justiça, da Secretaria de Direitos Humanos e da Polícia Rodoviária Federal durante a Copa do Mundo em defesa dos direitos dos menores também foram relatadas pelos respectivos representantes.

A audiência, de iniciativa dos deputados federais Hiran Goncalves, Valadares Filho e Antonio Jacome, também contou com a  participação do diretor de relações institucionais do comitê organizador Rio 2016, embaixador Agemar Santos; além de parlamentares, estudante e demais representantes da sociedade civil. O evento foi transmitido em tempo real pelo portal da Câmara dos Deputados e teve a participação de internautas.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.