quarta-feira, 18 de Março de 2015 12:58h Mariana Oliveira

Audiência pública no Senado trata de desafios do Turismo

Entre os temas abordados destaque para a flexibilização da exigência de vistos para o Brasil, os investimentos em áreas protegidas e o avanço da banda larga

Os desafios para desenvolver ainda mais o turismo no Brasil foram debatidos nesta quarta-feira (18) durante audiência pública realizada pela Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado federal.

O ministro Vinicius Lages expôs as principais ações da pasta para os próximos anos. “O turismo é a melhor fronteira de crescimento do país. Na última década o setor amadureceu e se qualificou”, disse. Segundo ele, o impacto do Turismo na geração de empregos, renda e divisas é consistente e tende a crescer. “Hoje somos a sétima economia do turismo do mundo e o terceiro mercado de aviação doméstica, atrás apenas dos Estados Unidos e da China”, afirmou.

Além dos avanços do setor, Lages listou alguns desafios que precisam ser enfrentados para que o país dê um salto na atração de visitantes. “Temos de avançar na banda larga para gerar oportunidades de comunicação para o turista. É uma forma de ele compartilhar, em tempo real, suas experiências nos destinos”.

Lages também debateu a flexibilização da exigência de vistos para entrada no Brasil e ressaltou a importância de se investir em áreas protegidas para atrair o turista e valorizar os recursos naturais de forma sustentável.

De acordo com o senador Davi Alcolumbre, presidente da Comissão, a disposição do ministro de debater os desafios e levá-los ao diálogo permanente pode ajudar a desenvolver o setor e atrair ainda mais recursos para o Turismo.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.