quarta-feira, 27 de Novembro de 2013 03:58h

Audiência pública sobre a MG 050 e Nascentes das Gerais

O vereador Eduardo Print Júnior (SDD), após pronunciamento na tribuna livre durante reunião ordinária na câmara, sobre assuntos relacionados à Concessionária Nascentes das Gerias, decidiu convidar todos os representantes da mesma, do Ministério Público Estadual (MPE), da secretaria de Transportes e Obras Públicas, demais vereadores e a população para uma audiência pública na casa. O objetivo principal do encontro é debater temas relacionados à MG 050 e a Nascentes das Gerais.
O evento ocorrerá na câmara municipal de Divinópolis, às 17h, na próxima sexta-feira e foi solicitado por meio do movimento Carlos Chagas, Vereadores Unidos por Justiça Social, movimento que Eduardo Print Júnior faz parte. Uma das questões que serão colocadas em pauta é referente ao combate ao valor do pedágio cobrado pela Nascentes.
Foto:eduiardoprintjunior
Crédito:Geovany Corrêa
Matérias lidas no expediente
Ontem na câmara municipal alguns projetos foram lidos, dentre eles, estava à proposta de autoria do vereador, Rodrigo Kaboja (PSL). Esta lei é a de número 158/2013, que denomina o nome do jornalista Itamar Antônio de Oliveira o trecho compreendido pelas ruas Miguel Mourão e Antônio Leopoldo, quadras 097 e 213, no bairro Grajaú em Divinópolis.
Outros projetos lidos foram: o de número 159/2013, do parlamentar Adilson Quadros (PSDB), que declara de utilidade pública a Casa de Assistência Irmã Scheilla com sede neste município e a proposta do Poder Executivo, 5/2013, que dá nova redação ao artigo 21 e ao parágrafo único do artigo 23 da lei complementar número 009, de 3 de dezembro de 1992, que dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos de Divinópolis.
Dr. Delano Santiago
Durante pronunciamento, o vereador Dr. Delano Santiago (PRTB), relatou sobre a possibilidade de solicitar uma reunião com os demais vereadores para pontuar o que pode ser feito para incentivar o funcionário público a doar sangue. A ideia segundo o vereador é criar uma lei, ou fazer uma indicação. “Nós temos que sentar e conversar sobre o assunto, principalmente, junto ao vereador Careca da Água Mineral (PROS), que foi um parlamentar que também levantou esta questão aqui no plenário e vamos fazer alguma coisa para incentivar o divinopolitano a doar sangue, mostrar o quanto este ato é importante para quem vai receber e para quem vai doar. Devemos sentar e discutir seriamente, pois o Hemominas é referência para o Centro Oeste”, afirmou.
Anderson Saleme
Em discurso, o vereador Anderson Saleme (PR), disse que esteve no restaurante popular recentemente e não havia no local, 200 pessoas. Segundo ele, de 1.000 usuários caiu para menos de 300, diante deste fato ele se questionou como defenderia a situação no plenário.“A população está reclamando, mas com razão. A empresa alimenta não quer mais administrar aquele restaurante. O aumento de 2 reais para 5 reais no valor da refeição fez com que caísse o número destes usuários no local. Outro ponto preocupante é o posto de saúde do bairro São José. Por mais que não façamos críticas eu tenho que ficar do lado do povo, pois os moradores tem reclamado muito das grandes filas e falta de medicamentos no posto e farmacinhas. Lamento porque gostaríamos de dar boas notícias aqui, mas este ano foi horrível, já que tivemos 1.000 motivos para queixas.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.