segunda-feira, 2 de Setembro de 2013 07:01h Carla Mariela

Audiência Pública sobre o HSJD é marcada para o fim de setembro

De acordo com o presidente da comissão de justiça, Marcos Vinícius (PSC), a solicitação de acordo com o regimento da casa é para que este encontro ocorra no dia 30 de setembro, a partir das 19h, no plenário da câmara, com participação de diversas autorida

Os integrantes da comissão de justiça e saúde da Casa Legislativa de Divinópolis encaminhou ofício de número CM 135/2013 para o presidente, Rodyson Kristnamurti (PSDB). O objetivo do ofício foi pedir uma audiência pública para uma prestação de contas da situação financeira do Hospital São João de Deus (HSJD).

 


De acordo com o presidente da comissão de justiça, Marcos Vinícius (PSC), a solicitação de acordo com o regimento da casa é para que este encontro ocorra no dia 30 de setembro, a partir das 19h, no plenário da câmara. Vinícius, durante pronunciamento, por meio de alguns questionamentos convidou a população a refletir junto com ele. Na ocasião, ele questionou qual era o maior patrimônio de Divinópolis, e em resposta ele citou vários locais que poderiam ser. Como exemplo, ele mencionou a Rede Ferroviária Federal, as obras do legado do GTO, o guarani esporte clube, a poesia de Adélia Prado, a confecção que potencializa a economia da cidade, e por fim, ele afirmou que sem dúvidas, um dos patrimônios é o Hospital São João de Deus e que este deveria ser preservado.

 


O parlamentar indagou que a crise se mostra cada vez maior e mais assustadora. Para ele, a cada pesquisa, a cada investigação, a cada diligência, levantamentos; se descobre que a crise é maior. “Se fala hoje de uma dívida que se aproxima de R$100 milhões, salários de R$ 50 mil, e a população merece uma prestação de contas no dia 30 de setembro para discutirmos, fazer os devidos encaminhamentos, estudar soluções básicas e efetivas que possam representar uma esperança para milhares de divinopolitanos e pessoas do Centro Oeste, até mesmo por causa do princípio da universalidade do SUS”, destacou.

 


Vinícius deixou claro que este encontro não tem o intuito de fazer qualquer outro levantamento relacionado com denúncia. A audiência será, sobretudo, para saber do ministério público quais as responsabilizações, quais as apurações e encaminhamentos para juntos encontrarem respostas e soluções para o hospital, uma vez que segundo o vereador a instituição é a única que atende em Divinópolis, com muitos procedimentos. 
Entretanto, o encontro será presidido pela comissão de justiça e saúde com a intenção de apresentar para a população de Divinópolis e do Centro Oeste mineiro, o plano de contingência e salvação do HSJD.

 


Estão convidados para participarem da audiência: o prefeito Vladimir de Faria Azevedo (PSDB), o superintendente do hospital Euller de Paula, o secretário estadual de Saúde Antônio Jorge de Souza, o secretário municipal de Saúde Dárcio Abud Lemos, o promotor Dr. Sérgio Gildin e demais promotores de justiça – Ministério Público do Estado de Minas Gerais, a superintendente regional de Saúde do Centro Oeste mineiro, Kênia Carvalho, o presidente do colegiado dos secretários municipais de Saúde José Márcio Vanardi, o presidente do conselho municipal de Saúde Ronaldo Maurício do Carmo, representante dos funcionários do HSJD Renato de Sousa Pinto e representante da Universidade Federal São João Del Rey.

 


Além destes, foram convidados também os deputados federais Jaime Martins (PR) e Domingos Sávio (PSDB); e os deputados estaduais Fabiano Tolentino (PSD) e Luzia Ferreira (MD).

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.