terça-feira, 19 de Julho de 2011 09:29h Atualizado em 19 de Julho de 2011 às 14:08h. Flávia Brandão

Câmara gasta mais de R$135 mil com gabinetes de vereadores em 5 meses

Confira o ranking dos parlamentares que mais gastaram no período 

 

R$ 135.414.70 foram gastos durante no período de janeiro a maio desde ano pela Câmara Municipal para custear os “Gastos com Gabinete” dos 13 vereadores, no que se refere a: material de consumo, telefonia móvel, combustível, locação de veículo, postagem, telefonia fixa e diárias/viagens. A informação pode ser conferida no portal do Legislativo municipal, (www.camaradiv.mg.gov.br), no tópico “Contas Públicas”, que lança o valor gasto por cada um dos parlamentares mês a mês.  Apesar de já estarmos em julho, na relação contabiliza  os gastos até maio e comparando os 13 parlamentares, no período, observa-se que liderando o ranking de gastos está o vereador Geraldinho da Saúde (PR), que acumulou de janeiro a maio o valor de R$ 15.985,78 e no final da lista a vereadora Heloísa Cerri (PV) com o valor de R$6644,00.

 

Na relação de gastos do vereador Geraldinho da Saúde (PR), as despesas que mais se destacam são os referentes ao uso de telefone fixo e combustível. Em relação ao telefone fixo o maior valor, R$1190,05, foi constatado em abril e o menor em março R$743,58. Já em relação ao uso de combustível o mês de maior gasto foi em maio, R$674,99, e o menor em fevereiro R$219.74.

 

O parlamentar, que é presidente da Comissão de Saúde, por meio de sua assessoria justificou os gastos informando que no primeiro semestre foi a Brasília por duas vezes, onde entregou nas mãos do Ministro da Saúde, Antônio Padilha, o pedido de inserção de uma unidade do Centro de Atenção Psicossocial - Álcool e Drogas (CAPS-AD) e também buscou junto ao governo federal investimentos, como ampliação do Hospital São João de Deus. Além disso, foi informado que o parlamentar esteve em Belo Horizonte com o Secretário Estadual de Saúde, Antônio Jorge Marques, buscando “cessar as carências da área da saúde”. Referentes às citadas viagens é possível verificar nas planilhas o total de gastos de R$1223.27. 

 

A assessoria também justifica as despesas do parlamentar referentes ao uso do veículo e combustível do poder público. “Não economizo em visitas a população, que não tem condições de vir até a casa do Legislativo. Procuro estar perto de meus eleitores e não limito esforços para isto. Infelizmente, não possuo recursos próprios para abrir mão do carro e combustível liberados pela Câmara”, declarou o parlamentar. Além disso, a assessoria ressaltou que todos os gastos do parlamentar, com viagens, materiais de escritório e condução estão descritos em documentos oficiais e dentro da legalidade e disponíveis para consulta a toda população interessada.

 

Ao final da lista dos 13 parlamentares está a vereadora Heloísa Cerri. A posição na lista é justificada pelo fato da dispensa - desde o início do mandato - do uso de celular, carro e combustível por parte da parlamentar. Segundo ela essa postura antagônica aos demais vereadores gerou até mesmo afrontas de colegas do Legislativo. O gasto que se desponta na relação da vereadora é em relação ao uso telefone fixo, que atingiu o maior em maio, R$710,00, e o menor em janeiro R$311.80.  “Eu acho que os vereadores já são bem pagos para suas funções que é legislar e fiscalizar, não acho que seja necessário mais privilégios. Esses recursos poderiam estar sendo empregados em benefício da população”, destacou.

 

 

 

Ranking de Gastos - Período Janeiro a Maio

 


Geradinho da Saúde (PR) - R$15.985.78


Edson Sousa (sem partido) - R$13671,56


Adair Otaviano (PMDB) - R$ 12.995,15


Anderson Saleme (PR) - R$ 12.926,99


Hilton de Aguiar (PMDB)- R$ 12877,03


Roberto Bento (PTdoB)  - R$11.958,27


Milton Donizeti (PRTB)- R$ 9491,82


Edmar Rodrigues (PRTB) - R$8885,96


Pastor Paulo (PRB) - R$7790,70


Rodyson do Zé Milton (PSDB) - R$7694,43


Beto Machado (PSDB) – R$7.409,62


Paduano (DEM) – R$ 7083.06


Heloisa Cerri (PV) - R$6644,33
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.