sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011 16:58h Atualizado em 1 de Janeiro de 2012 às 07:28h. Flávia Brandão

Câmara Municipal empossa Saleme

Novo gestor salienta que polêmico aumento de salário será feito seguindo critérios

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Divinópolis, para o ano do Centenário, foi empossada, ontem (30) tendo como presidente o vereador Anderson Saleme (PR). Junto a ele estão: Edmar Rodrigues, vice-presidente; Rodyson do Zé Milton (PSDB), 1º secretário; e Milton Donizete (PRTB) 2º secretário. A solenidade foi aberta, às 9h30, pelo até então presidente Pastor Paulo César (PRB), que se despedindo do cargo apresentou um balanço da gestão.
Após a apresentação do balanço, o vereador Adair Otaviano (PMDB) pediu a palavra e solicitou que a ata da eleição fosse lida em plenário. O pedido foi atendido pelo presidente Paulo César (PRB). Após a leitura, Heloísa Cerri (PV) pediu a palavra e demonstrou a insatisfação com a gestão de Paulo César. “Quero ensejar que essa nova mesa diretora traga de volta a essa Casa a lealdade, sabedoria, a fraternidade e principalmente a justiça. Meus respeitos aos vereadores Anderson e Edmar, que serão empossados hoje”, disse. Adair Otaviano também pediu a palavra e desejou sucesso aos vereadores da Mesa Diretora no trabalho. Na sequência os vereadores pediram licença, se recusando a assistirem a posse da nova Mesa Diretora. Não compareceram a solenidade os vereadores Geraldinho da Saúde (PR), Beto Machado (PSDB) e Edson Sousa (PSB). 


Nova administração
A partir do dia 02 de janeiro, Anderson Saleme será o responsável pela administração da Câmara Municipal. Sobre o atual acirramento entre a oposição e situação, que ficou expresso na eleição da Mesa Diretora, Anderson acredita que toda disputa traz realmente um acirramento de ânimos, mas uma vez passada a eleição é preciso que os vereadores se unam buscando o melhor para a população.
Projetos
Anderson disse que tem muitos projetos para o ano de 2012 e que irá ouvir os vereadores, que quiserem se manifestar, bem como os servidores. “Há muitas ações em andamento e queremos manter os acertos e se for necessário ajustes, teremos coragem de fazer o que for necessário para colocar a Câmara em uma rota de convergência com os interesses da população e servidores”, declarou.
Aumento de Salário
Sobre o polêmico projeto sobre o aumento de salário, Anderson Saleme disse que quer tranquilizar a todos porque o reajuste será feito seguindo critérios. O novo presidente alegou que a partir de segunda-feira (2) serão consultados tanto os principais sindicatos de classe e os índices, que servem para o reajuste das categorias. “A Câmara não irá inventar a roda, mas sim irá aplicar o que for justo e esperado, considerando, que há apenas uma fixação a cada quatro anos. Nós estamos discutindo um projeto para a próxima legislatura de 2013 a 2016, então temos que recompor as perdas e projetar por índices oficiais e econômicos para esse quadriênio”, declarou. Ele ressaltou que tudo será muito discutido e resolvido, e não será motivo para polêmica já que é algo que acontece com a iniciativa privada e pública, visto que a atualização dos subsídios.
Servidores
Questionado sobre a mudança no quadro de servidores, Anderson Saleme ressaltou que nos primeiros dias irá fazer um levantamento junto a todas as chefias e servidores. “Há um sentimento, que não sei se procede, de que a Câmara tem alguns excessos. Nós vamos apurar e caso seja comprovado e necessário iremos fazer os remanejamentos, as adequações tudo dentro da boa administração compartilhada com os chefes de diretoria e consultoria”, declarou

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.