sexta-feira, 26 de Outubro de 2012 03:57h Gazeta do Oeste

Candidatos do PSB e do PT decidem eleição em Cuiabá

 Brasília – A disputa do primeiro turno para a prefeitura de Cuiabá foi uma das mais acirradas entre as capitais. Separados por uma diferença de apenas 1,2% dos votos válidos, os candidatos Mauro Mendes, do PSB, e Lúdio Cabral, do PT, voltam a tentar, neste domingo, os votos dos 397,6 mil eleitores da capital mato-grossense.

Quem sair vencedor nas urnas, administrará nos próximos quatro anos um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 9,8 bilhões. Segundo dados de 2009 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a capital está em décimo oitavo lugar no ranking das capitais.

Com população estimada em 2010 em 551 mil habitantes, Cuiabá tem 80,2 mil alunos matriculados no ensino fundamental e 26,7 mil no ensino médio. Conforme dados do IBGE, a cidade conta com 145 postos, centros e hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com o IBGE, existe uma diferença considerável no rendimento mensal das famílias nas áreas rural e urbana do município. Enquanto, no campo, o rendimento fica em torno R$ 1,9 mil, na área urbana, chega a R$ 3,9 mil.

Aos 41 anos de idade e vereador por dois mandatos pelo PT, o médico Lúdio Cabral tenta agora se eleger prefeito em uma coligação do partido com o PMDB. Especialista em saúde pública e comunitária, Lúdio está no serviço público há 16 anos.

Mauro Mendes tem 48 anos, é natural de Anápolis, Goiás, está em Cuiabá desde os 16 anos. Formado em engenharia elétrica, Mendes foi presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso e dos Serviços Social da Indústria (Sesi) e Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.