sábado, 26 de Julho de 2014 05:31h

Candidatos residentes em Divinópolis têm candidatura deferida pelo TRE

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Minas já deferiu o registro de mais de cem candidatos aos cargos de governador, vice-governador.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Minas já deferiu o registro de mais de cem candidatos aos cargos de governador, vice-governador, senador, primeiro e segundo suplentes, deputado federal e deputado estadual. A maioria dos pedidos foi julgada monocraticamente (individualmente).
Dentre as decisões, segundo o TER, estão diversos pedidos de renúncia aos cargos de deputados estaduais e federais, em um total de 10, até a sessão desta quarta-feira. Os deferimentos, tanto dos demonstrativos de regularidade dos atos partidários (Drap) quanto dos candidatos, somam 119.
Jaime Martins (PSD), que havia sido impugnado pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), teve a candidatura deferida. A PRE apresentou ação de impugnação ao registro de candidatura sob o argumento de que o candidato não foi escolhido em convenção.
Jaime Martins apresentou contestação de que foi devidamente escolhido para a candidatura ao cargo pleiteado em convenção partidária e apresentou documentação de que na ata da convenção consta o nome do candidato. Com estas informações, a candidatura foi deferida.
Adair Otaviano havia sido impugnado por não ter se desincompatibilizado dentro do prazo. Na contestação, ele explicou que não é funcionário público e sim agente público (vereador). A contestação foi aceita e o registro da candidatura deferido
Angelo Roncali também havia sido impugnado e depois de sanadas as irregularidades teve a candidatura deferida. Jorge Torquato contestou a inelegibilidade no TSE e aguarda julgamento. Os demais impugnados, Edson Sousa, Heloisa Cerri e Anderson Saleme aguardam julgamento.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.