terça-feira, 15 de Outubro de 2013 06:09h

Careca da Água Mineral filia-se ao PROS e dá maior bancada do partido na Câmara

Careca da Água Mineral confirmou a filiação ao PROS e contou que Marquinho Clementino sairá como candidato a deputado estadual nas eleições de 2014. A partir de agora, unindo com os parlamentares: Marquinho Clementino e Edimar Félix, eles formarão a maior

Desde o anúncio feito pelos vereadores de Divinópolis, Marquinho Clementino e Edimar Félix, sobre a saída do partido no qual faziam parte, para ir para o Partido Republicano da Ordem Social (PROS); o parlamentar Careca da Água Mineral demonstrava dúvidas quanto a sua saída do Partido Progressista (PP) para unir forças com Clementino e Félix, para a maior bancada do PROS na Câmara. Ontem pela manhã, o vereador foi à Belo Horizonte, junto com Clementino para acertar os últimos detalhes e afirmou pela tarde que filiou-se ao PROS.
O vice-presidente da Câmara, Marquinho Clementino, que foi o primeiro a confirmar sua saída, destacou que está indo para o PROS por ser um partido novo, mas que continuará trabalhando em prol da cidade. “Quanto aos projetos que se aportam nesta casa para ajudar nas melhorias da cidade, estaremos juntos neste processo. O interessante disso é que o PROS nos dá um horizonte novo”, abordou.
O segundo a fazer a confirmação foi Edimar Félix. Em entrevista, ele assegurou que sua ida para o PROS ocorreu por meio de uma conversa com o deputado federal Ademir Camilo Prates, que é o presidente do partido em Minas Gerais. Ele agradeceu o presidente do Partido Humanista da Solidariedade (PHS), Thiago Fernandes, partido que ele fazia parte e relatou que o PROS é um partido recente com ideais novos. “Esta é uma oportunidade de apresentarmos propostas tanto para o Brasil, quanto para Divinópolis”, enfatizou.
Careca da Água Mineral disse que depois de muitas análises ele foi definitivamente para o PROS pelo fato de o partido ter uma boa proposta, principalmente para Divinópolis. O vereador anunciou que o partido pretende lançar a candidatura de Marquinho Clementino a deputado estadual para as eleições de 2014.
Marquinho Clementino (PROS) relatou que está analisando esta proposta junto aos demais membros do partido.

Sobre o PROS:
O processo de construção do PROS durou cerca de quatro anos. O número do PROS é o 90 e a principal proposta do partido é a redução de impostos, uma vez que para os fundadores as altas cargas tributárias tem atrasado o desenvolvimento do Brasil e causado uma grande injustiça social. Para eles, as pessoas com menos renda, proporcionalmente, são as que mais pagam impostos e consequentemente são as mais prejudicadas.
A formação do cidadão é para o PROS uma questão de conscientização e de educação. O PROS também ambiciona conscientizar as pessoas de seus direitos para que cada um possa participar efetivamente, de modo direto ou indireto, na formação do governo e na sua administração.
Outra proposta que o partido defende é a criança. O PROS segue o Estatuto da Criança e do Adolescente, que diz: é dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária da criança. Para atender aos direitos dos pequenos cidadãos, o PROS delineia um projeto de atendimento às crianças nas escolas que oferecerá alimentação, acompanhamento médico-odontológico e socioeducativo. Além da criança, o PROS também visa ajudar o idoso.
Outras defesas do partido estão relacionadas com: a habitação, a segurança pública, educação, salário e emprego, bem estar social, meio ambiente e saúde.
Especificamente na área da saúde, o PROS relata que é dever do Estado garantir, mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos, o acesso universal e igualitário às ações e serviços para a promoção, proteção e recuperação da saúde.

Piriquito
O vereador José Wilson Piriquito que faz parte do PSD está também estudando propostas de sair do partido. Segundo o parlamentar, ele está analisando o convite do vereador Eduardo Print Júnior para se filiar ao Solidariedade (SDD).

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.