quinta-feira, 28 de Junho de 2012 15:13h Carla Mariela

Casa dos Vereadores será criada para dar suporte aos candidatos

Na terça-feira à noite, quando ocorreu a convenção do partido PRTB, com a presença do prefeito Vladimir Azevedo, que durante o seu discurso destacou que já está sendo construída

Na terça-feira à noite, quando ocorreu a convenção do partido PRTB, com a presença do prefeito Vladimir Azevedo (PSDB), que durante o seu discurso destacou que já está sendo construída em frente à sede da Polícia Militar, na Rua Pernambuco, em Divinópolis; uma casa que será conhecida como Casa dos Vereadores. O objetivo dessa casa, conforme Vladimir servirá para armazenamento de materiais, apoio jurídico, dentre outros fatores, que poderão contribuir com o candidato a vereador durante a campanha eleitoral.

 


“Eu fiz questão de comparecer à convenção do PRTB para dizer que estamos juntos. Quero fazer a campanha junto com vocês, e para isso, um dos suportes que teremos será a casa dos vereadores na Rua Pernambuco em frente aquela sede da PM, perto do Sindicatos dos Metalúrgicos. Essa Casa dos Vereadores terá o objetivo de armazenar o material, além de oferecer o apoio jurídico. Nós teremos 15 mil santinhos para a arrancada da campanha com a biografia do candidato no verso e depois 15 mil santinhos para a reta final. Vamos fazer a arrancada com dez placas para cada um e teremos também uma agenda que facilitará nos trabalhos. Nós estamos com o projeto estruturado”, afirmou.
Vladimir Azevedo ressaltou que a cobrança em relação ao suporte para estruturar a campanha, está surgindo de vários companheiros e em relação a essa cobrança, ele está pensando em realizar um encontrão para falar sobre como foi a sua gestão, o plano de governo que vai vir em seguida, o que deve ser criado para a ocupação do mandato e apresentar como vai funcionar a Casa do Vereador.

 


De acordo com Vladimir é preciso que os candidatos aproveitem esse momento de convenção, uma vez que esse é o momento do argumento máximo da vida partidária, no qual consolida uma caminhada, pois esse é ponto de partida para a campanha. Para ele, é importante que os candidatos estejam informados de tudo que ocorreu durante sua gestão e o que deve ser feito daqui para frente.

 


Segundo o prefeito, é importante que os candidatos saibam também que quando terminam as convenções, surge a parte do registro CNPJ. “Até a parte de registro de CNPJ, nós não podemos fazer nada no sentindo de ir para as ruas com material, nem produzir nada, nós temos que ir por partes. Os candidatos responderão um questionário, pois nós teremos uma coligação próxima a 200 candidatos, sendo que não temos a informação de cada um, isso vai servir para adquirirmos as informações geográficas e sociais. Isso facilitará, por exemplo, se formos a algum lugar para trabalhar durante a campanha, eu tenho que saber que se vai ter um companheiro lá para me acompanhar ou vice e versa”, esclareceu.

 


Assim que terminam as convenções, tem o registro e depois a liberação do CNPJ, que é um pré-requisito para os candidatos irem para as ruas com material. “A partir da liberação nós vamos fazer um encontrão de todos os candidatos e a partir daí nós vamos preparar uma palestra rápida sobre o balanço de governo, orientações jurídicas e como vai funcionar a Casa do Vereador para nós fazermos esse trabalho e deixar um material já por escrito com cada um para que saibam o que precisa ser feito na área da saúde, na educação e assim por diante”, finalizou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.