terça-feira, 19 de Março de 2013 05:03h Carla Mariela

Cefet/MG poderá se tornar Universidade Federal

Conforme, Jaime Martins, já há uma indicação parlamentar para que esta mudança ocorra

O deputado federal, Jaime Martins (PR/MG), que não pôde comparecer ao encontro na Capital Mineira, que debateu ontem (18) sobre os planos para o Cefet/MG se tornar Universidade Federal Tecnológica, encaminhou por meio do seu assessor um vídeo contendo a sua solidariedade e apoio para esta transformação do Campus.
Durante a sua apresentação, Jaime Martins, deixou um abraço ao professor Marcio Basílio, que tem a incumbência de ser o diretor geral do Cefet Minas e que vem segundo o deputado federal, realizando um expressivo trabalho a frente da entidade. “Queria cumprimentar toda a sua equipe de trabalho, os professores e funcionários do Cefet, saudar também os prefeitos, vereadores, presidentes de câmara, colegas parlamentares estaduais e federais, porque não pude estar presente neste encontro, por ter sido encaminhado para uma missão oficial no exterior, mas quero deixar o meu abraço e a minha solidariedade, uma vez que eu sou um cefetiano pela minha própria formação, portanto conheço a instituição, sei da sua importância, conheço a sua historia, sei que ela transformou a vida de milhares de pessoas para melhor e já estou engajado na luta do Cefet há muito tempo”, afirmou.
Ainda de acordo com Jaime Martins, ele já possui uma indicação para que esta mudança no Cefet ocorra. A indicação e de número 8177/2006. Conforme o deputado, é momento de refazer os trabalhos, pois já houve a transformação do Cefet Paraná em Universidade Tecnológica, e agora é a vez transformar o Cefet Minas e o Cefet Rio em Universidade Tecnológica, porém, numa trajetória diferente para continuar privilegiando os cursos técnicos. “O Cefet não deixará de ser uma escola técnica de formação, pois poderá crescer a nível de cursos superiores os quais deverão ser criados em todas as unidades, também poderá estar envolvido com cursos de extensão, os projetos de pesquisa, cursos de mestrado e doutorado e com essa composição cria-se uma energia positiva, além de dar a instituição uma autonomia  hoje tão necessária para as agilizar decisões, para que a instituição possa prestar grandes trabalhos``, destacou.
O deputado ainda acrescentou que está agora criando uma frente parlamentar no Congresso Nacional, uma frente mista de deputados e senadores para a transformação do Cefet Minas e Rio em Universidades Tecnológicas. “Essa mobilização pode passar também pelos municípios, pelas Câmaras Municipais, pelos vereadores, pois essa reunião tem, sobretudo, a idéia de criar o clima favorável, de criar um ambiente de política favorável que presta essas iniciativas. Existem ainda algumas resistências de Poder Executivo em relação a essa transformação, mas nós estaremos fazendo o trabalho de convencimento, unindo toda a bancada mineira de deputados e senadores e também a bancada do Rio para que esta transformação possa ser feita. Acho que nós devemos exercitar a capacidade de convencimento através das razões técnicas, claras e das políticas”, enfatizou.
Para finalizar, Jaime Martins, disse que muitas das decisões da República são tomadas por razões políticas, e por isso é necessário uma união entre Minas e Rio, para que haja grandes chances de sucesso. Ele concluiu deixando a sua solidariedade ao professor Marcio Basílio, a sua admiração pelo seu trabalho, uma vez que ele está continuando um trabalho de expansão e além de desejar sucesso ele afirmou que o seu gabinete é um espaço onde se respira o Cefet 24 horas e que estará sempre ajudando. “Estamos conversando através de emendas, gestões junto ao Executivo, na parte legislativa de modo geral, então deixo o meu abraço e tenho certeza de que estaremos juntos nesta causa, pois gostamos do Cefet, da educação e queremos na nossa cidade mais um Campus Federal e Tecnológico”, encerrou.
O presidente da Camara de Divinópolis, Rodyson Kristnamurti (PSDB), estava no encontro representando a Casa Legislativa de vereadores.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.