segunda-feira, 30 de Março de 2015 11:57h

CMN reajusta taxa de juros do Moderfrota

Novas taxas foram aprovadas nessa quinta-feira (26)

Os juros da linha de financiamento do Moderfrota terão suas taxas reajustadas a partir de 1º de abril. Os agricultores com renda bruta anual de até R$ 90 milhões, que pagavam taxa de 4,5%, passarão a pagar 7,5% ao ano. Para rendas superiores, os juros aumentaram de 6% para 9% ao ano. A medida foi aprovada em resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN) em reunião realizada nessa quinta-feira (26).

“Ajuste em termos de juros é normal devido ao aumento dos juros gerais no país, mas não faltarão recursos para implementar a safra agrícola”, comentou a ministra Kátia Abreu.

O Moderfrota, que financia máquinas e implemento agrícolas, segue agora em consonância com as taxas de juros definidas no Programa de Sustentação de Investimento (PSI - Bens de Capital), de apoio ao setor industrial.

Aos produtores rurais com operações protocoladas no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) até 27 de março e processo de contratação não concluído, foi concedido prazo até 10 de abril para a formalização das operações com as taxas de juros anteriores.

Pulverizadores autopropelidos

O CMN também decidiu incluir pulverizadores autopropelidos, montados ou de arrasto, com tanques acima de 2 mil litros e barras de 18 metros ou mais, entre os novos itens financiáveis pelo Moderfrota. Até então, o financiamento desses itens eram permitidos somente para equipamentos usados.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.