quarta-feira, 5 de Fevereiro de 2014 06:49h Atualizado em 5 de Fevereiro de 2014 às 06:51h.

Começa a recuperação de trecho na rua Bom Sucesso

A Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop) iniciou as obras de recuperação da erosão, causada pelas chuvas, paralela à rua Bom Sucesso. Máquinas e caminhões e servidores da Semop iniciaram as intervenções.

De acordo com o secretário de Obras Públicas, Dreyfus Rabelo, as intervenções estão sendo feitas a partir de avaliação e orientações do engenheiro da Defesa Civil. “As obras que iniciamos hoje visam a uma recuperação a curto prazo. Na época das chuvas, um volume muito grande de água passa por aqui, pois a água desta região do Nações e Padre Eustáquio é direcionada para cá. Esperamos terminar a obra no tempo mais curto possível, pois o trânsito é intenso e não queremos que acidentes aconteçam no local. Caso caia uma chuva intensa pode prejudicar o trabalho e atrasar o andamento das obras”, explicou.
Será realizada a recuperação da ala do canal que foi quebrada, em seguida uma retroescavadeira trabalhará na parte de baixo para desassorear o ribeirão e possibilitar uma vazão maior da água, que evitará o alagamento da pista.
O secretário informou ainda que no local da erosão passa uma rede coletora de esgoto e uma adutora que abastece de água todos os bairros do Nações ao Santa Lúcia, feita de 200 milímetros de ferro fundido, que não foi danificada. “Já estivemos aqui com representantes da Copasa e Defesa Civil, e constatamos que a rede não foi danificada e deve ser preservada com as intervenções que vamos fazer, para garantir a continuidade do abastecimento para toda a população da região”, ressaltou. Funcionários da Copasa permaneceram hoje no local para orientar os servidores da Semop e para isolar o esgoto.
Como a pista é estreita e o trânsito intenso, foi necessária uma intervenção para garantir a segurança dos veículos e passageiros, bem como dos servidores que trabalham na obra. Diante dessas especificidades, está sendo feito um desvio em meia pista, abrindo uma pista lateral para que o trânsito de Divinópolis, sentido Carmo do Cajuru, seja desviado para a direita. De Carmo do Cajuru para Divinópolis será feito na contramão da pista asfaltada existente. “A pista mais próxima da erosão servirá de apoio ao trabalho das máquinas e caminhões. No entanto, por questões técnicas, se houver necessidade, poderá ser interrompida parte da via que terá o trânsito desviado para as ruas próximas. Primeiramente estamos tentando esta alternativa de menor percurso, para trazer o menor transtorno possível”, acrescentou Dreyfus.
Segundo o secretário, a Prefeitura já conta com o recurso e o material para a intervenção imediata no local. A médio e longo prazo, deve ser feita uma recomposição da área, com um novo canal que absorva o volume de água da bacia do ribeirão existente no local. Um grande projeto será elaborado para captação de recursos da obra, que deverá ter 4 metros de largura por 3 metros de altura, toda pré-moldada, para fazer a travessia da água pluvial. 
Com o início da obra, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settrans) sinalizou a região; viaturas e agentes irão garantir a segurança de quem trafega pela via.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.