quarta-feira, 15 de Maio de 2013 07:28h Carina Lelles

Começa hoje o recadastramento biométrico

De hoje, até o dia 29 de novembro cerca de 160 mil eleitores divinopolitanos devem realizar o recadastramento biométrico.

De hoje, até o dia 29 de novembro cerca de 160 mil eleitores divinopolitanos devem realizar o recadastramento biométrico. Com a implantação desse sistema, Divinópolis será, em 2014, o maior município de Minas Gerais em que os eleitores votarão utilizando essa nova tecnologia. O recadastramento é obrigatório.

Para evitar filas de última hora e o cancelamento de um quantitativo expressivo de inscrições eleitorais, é fundamental orientar e conscientizar os eleitores do município da importância de fazerem o recadastramento o quanto antes.

O recadastramento biométrico é a coleta das digitais de todos os eleitores, além disso, as fotos e a assinatura serão digitalizadas.

Todas estas informações, além das informações existentes, serão acrescidas no cadastro eleitoral.
Segundo a chefe da 103ª Zona Eleitoral de Divinópolis, Cíntia Greco, o eleitor tem que comparecer ao cartório no período estipulado no horário de 8 as 17h, de segunda a sexta-feira. Além disso, quando o eleitor for fazer o recadastramento tem que apresentar um documento oficial de identificação, de preferência documento com foto: carteira de trabalho, carteira de identidade e é aceito também certidão de nascimento ou de casamento. É necessário também um comprovante de residência de preferência a partir de 15 de fevereiro deste ano, CPF e o título de eleitor.

Quem não fizer o recadastramento vai ter o título cancelado.
De acordo com dados fornecidos pelo Cartório Eleitoral de Divinópolis, até ontem, 157.940 eleitores estavam aptos a fazer recadastramento. O número muda constantemente como explica

Cíntia: “Existem eleitores que transferem para outras cidades, falecimento de eleitores, também existem casos de eleitores cumprindo penas e tem o título suspenso”.
Até a data de ontem, 1.539 títulos estavam suspensos e outros 7.834 foram cancelados. O prazo para o recadastramento vai até o dia 29 de novembro e, segundo Cíntia Greco, inicialmente não haverá prorrogação do prazo para o recadastramento. “Também não há previsão de plantões aos sábados porque quando houve estes plantões, não teve comparecimento da população. É garantido por lei que todo o trabalhador pode se ausentar de suas atividades para comparecer e regularizar a situação junto à Justiça Eleitoral” ressalta a chefe de Cartório.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.