sexta-feira, 3 de Julho de 2015 13:30h

Comissão de Orçamento irá convidar autoridades para falar sobre contas do Governo Federal

A reunião de aprovação dos requerimentos foi presidida pelo deputado federal Jaiminho Martins (PSD-MG), vice-presidente da Comissão, na última quarta-feira (01.07)

A Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional deverá ouvir, em audiências públicas, diversas autoridades da área econômica do governo federal, para prestar esclarecimentos à CMO sobre as contas da Presidente da República no exercício de 2014. A reunião de aprovação dos requerimentos foi presidida pelo deputado federal Jaiminho Martins (PSD-MG), vice-presidente da Comissão, na última quarta-feira (01.07).

Na ocasião, foi aprovado o requerimento de convite ao ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Augusto Nardes. O TCU, cumprindo missão constitucional de apreciar as contas prestadas anualmente pelo Presidente da República, apontou irregularidades nas contas de 2014. Augusto Nardes é o relator das contas do governo de 2014 julgadas no TCU. Esta audiência deverá ser realizada em conjunto com o Senado Federal. Para o deputado federal Jaiminho Martins, a Comissão Mista de Orçamento é o local ideal para se fazer esta discussão. “Ele já foi convidado pelo Senado e eu estou propondo uma audiência conjunta. Aqui é o fórum adequado para essa discussão", ressaltou Jaime Martins enquanto presidia a sessão desta quarta-feira.

Já a audiência pública com o Secretário do Tesouro Nacional, Marcelo Barbosa Saintive,  está prevista para o próximo dia 9, às 10 horas, no plenário da comissão, para esclarecimentos sobre o cumprimento das metas fiscais referentes ao terceiro quadrimestre de 2014 e 1º quadrimestre de 2015, conforme previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Também foram convidados para audiência na Comissão do Orçamento o ministro da Fazenda Joaquim Levy e o ex-ministro Guido Mantega. Além destes, também será convidado o ex-secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin,  para prestar esclarecimentos sobre os procedimentos adotados para assegurar a consecução das metas fiscais previstas na LDO.

Foto: Divulgação / Waldemir Barreto/Agência Senado

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.