terça-feira, 19 de Novembro de 2013 12:57h

Comissão discute prorrogação de regime de tributação de exportações

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio discute hoje a prorrogação do prazo para o Regime Especial de Reintegração de Valores Tributários para as Empresas Exportadoras (Reintegra). O objetivo do regime é reintegrar valores referentes

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio discute hoje a prorrogação do prazo para o Regime Especial de Reintegração de Valores Tributários para as Empresas Exportadoras (Reintegra). O objetivo do regime é reintegrar valores referentes a impostos pagos ao longo da cadeia produtiva e que não foram compensados.

“Em outras palavras, não se trata de um benefício tributário, mas de justiça fiscal: restituir o que foi pago indevidamente”, argumenta o deputado Renato Molling (PP-RS) que propôs o debate. O parlamentar argumenta ainda que uma das principais dificuldades para as empresas domésticas acessarem o mercado internacional está na carga tributária que eleva o custo de produção no mercado doméstico penalizando o emprego e a produção.

O parlamentar defende a prorrogação do regime, prevista para ser encerrado no final do ano. “O sistema de tributação pátrio é complexo, injusto e prejudica a competitividade do produto nacional em relação ao produto fabricado no exterior”, conclui.

Convidados
Foram convidados:
- um representante do ministério da Fazenda;
- o diretor de Normas e Competitividade da Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, André Marcos Favero;
- o secretário de Política Econômica (SPE), Marcio Holland Brito;
- o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade;
- o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Calçados (Abicalçados), Heitor Klein;
- o diretor superintendente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (ABIT), Fernando Pimentel;
- o presidente executivo da Associação Brasileira de Indústria Química (Abiquim), Fernando Figueiredo;
- o presidente executivo do Centro das Indústrias de Curtume do Brasil (CICB), José Fernando Bello; e
- o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Mobiliário (Abimóvel), Daniel Lutz .

O debate será realizado às 14h30, no Plenário 13.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.