terça-feira, 15 de Setembro de 2015 10:16h Atualizado em 15 de Setembro de 2015 às 10:23h. Jotha Lee

Confirmada visita de Pimentel à Divinópolis essa semana

Governador lança participa do Fórum Regional para lançamento do Território Oeste

Depois de dois adiamentos, a Central de Imprensa do governo de Minas confirmou ontem a visita do governador Fernando Pimentel à Divinópolis na próxima sexta-feira, ocasião em que ele participa do Fórum Regional para lançamento do Território Oeste. Ao assumir o governo, Pimentel dividiu o Estado em 17 regiões, chamadas de Territórios, para permitir a discussão regionalizada dos problemas, soluções e necessidades de cada uma delas. Para os lançamentos dos territórios estão sendo realizados os Fóruns Regionais, ocasião em que é feito um diagnóstico da região, além de indicar os membros do Comitê de Planejamento Territorial.
O governador chegará à Divinópolis no início da manhã e segue para o Espaço Cultural Da Vinci, localizado na estrada de Santo Antônio dos Campos, no bairro Belo Vale. Às 10h, Pimentel fará o lançamento oficial do Território Oeste, seguindo-se a discussão e priorização dos problemas da região e a indicação dos integrantes do Comitê de Planejamento.
Ainda não se sabe se o governador terá uma agenda paralela, mas existe a expectativa de que no discurso de lançamento, o governador anuncie verbas esperadas para Divinópolis, especialmente para a continuidade do Hospital Público Regional, cujas obras ainda aguardam recursos de R$ 22 milhões para serem concluídas. De acordo com a Prefeitura, 85% das obras do hospital já estão prontas, dependendo agora dos recursos estaduais para sua conclusão. Aguarda-se, ainda, que o governador defina a posição do Estado em relação ao Hospital São João de Deus, já que há 60 dias houve a proposta de gestão compartilhada, envolvendo o estado e o município. 

 

TERRITÓRIO OESTE
Divinópolis será a sede do Território Oeste, que reúne 56 municípios. De acordo com dados fornecidos pelo governo de Minas, os números do território demonstram a importância da região para o Estado. A população dos 56 municípios chega a 1,2 milhão de habitantes, que representam 5,2% do PIB total de Minas Gerais e sua produção agropecuária é representada pelo leite, café arábica e milho (em grão). A região tem a terceira menor taxa de pessoas em estado de pobreza.
Segundo o governo do Estado, em relação à saúde, o Território Oeste representa a terceira maior cobertura pré-natal do estado e a 7ª menor mortalidade infantil. No entanto, a região carrega a 4ª maior taxa de crimes violentos do estado.
De acordo com a Central de Imprensa do governo mineiro, o programa “Fóruns Regionais: por todo o Estado, com todos os mineiros”, será um dos pilares da gestão de Pimentel. Durante a campanha eleitoral do ano passado, o governador já falava na necessidade de serem elaboradas políticas públicas descentralizadas, que respeitassem as características específicas das diferentes regiões de Minas Gerais.

A partir da instalação do Fórum, a população será convidada a participar, periodicamente, de reuniões, debates, assembleias, grupos de trabalho, câmaras temáticas, dentre outros instrumentos, que deverão garantir espaços democráticos, cujo principal objetivo será subsidiar o planejamento e as ações de governo para a promoção do desenvolvimento econômico e social.
Ainda de acordo com a Central de Imprensa, neste primeiro ano, os fóruns terão como objetivo o levantamento de prioridades de cada território, para que os dados possam orientar a elaboração do Plano Plurianual de Ações Governamentais (PPAG), do Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI) e da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). A partir de 2016, se tornarão um canal de diálogo com a sociedade civil.  As Secretarias de Estado de Governo (Segov), Planejamento e Gestão (Seplag) e Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania (Sedpac) farão a coordenação do projeto.

 

Créditos: Aaron Gabriel
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.