segunda-feira, 20 de Maio de 2013 10:35h Carla Mariela

Convenção Nacional do PSDB ocorre hoje

Segundo Domingos Sávio, o partido lançará a candidatura de Aécio Neves para presidência do Brasil

O deputado federal Domingos Sávio (PSDB), ontem, pela manhã, informou sobre o encontro que ele ia ter com o Senador Aécio Neves, para definir a composição da executiva nacional para a próxima eleição. Após a reunião, ele anunciou oficialmente que dentre a composição, Aécio Neves, está como candidato à presidência do país.

Aécio Neves já foi deputado federal pelo estado de Minas Gerais por quatro vezes tendo presidido à Câmara dos Deputados do Brasil. Em 2002, ele foi eleito governador de Minas Gerais no 1º turno. Em 31 de março de 2010, Aécio Neves renunciou ao cargo de governador para concorrer ao Senado Federal. Foi eleito em 3 de outubro do mesmo ano, por Minas Gerais, com 39,47% dos votos válidos, na mesma chapa de Itamar Franco.

No Senado Federal, ele é membro das Comissões de Reforma Política e de Constituição, Justiça e Cidadania, tendo participado também da Comissão de Assuntos Econômicos.
No início de março deste ano, durante um evento em Goiânia organizado pelo governador Marconi Perillo (PSDB/GO), o senador Aécio Neves, tentou desviar de algumas perguntas sobre a sua possível candidatura. Após este episódio, Luiz Gonzaga Militão que na época era presidente do PSDB de Divinópolis foi questionado sobre a possibilidade de Aécio Neves sair como candidato à presidência. Nesse sentido, Militão, comentou que Neves já era nome na eleição passada para presidente, mas não houve a viabilização da nomeação naquela época em nível de Brasil e foi José Serra então que saiu como candidato.

Para Militão, o nome do Aécio Neves, ganhou espaço no PSDB nacional pelos resultados das eleições de Minas, inclusive, da capital e do interior. Ele relembrou que Aécio Neves foi governador de Minas, reeleito e reelegeu o Antônio Anastasia, além disso, elegeu também o senador Eliseu Resende e o senador Itamar Franco.

Luiz Gonzaga Militão destacou que o senador teve uma eleição expressiva como a dos políticos mais votados do país. Entretanto, ele ainda afirmou que Aécio Neves é um nome vitorioso na sua trajetória política, além de ser credenciado pelo Governo de Minas. Dessa forma, Militão havia adiantado que o PSDB estaria articulado sim para buscar alianças para a candidatura de Neves em todo o Estado e país.
Domingos Sávio anunciou a candidatura oficialmente de Aécio Neves à presidência e disse que a reunião foi proveitosa, em clima de união, e ficou definido que o secretário-geral será o deputado federal Mendes Thame do PSDB de São Paulo. Segundo Domingos Sávio, o deputado Thame representa São Paulo e tem uma relação boa com o governador Geraldo Alckimin e José Serra. Como candidato a vice-presidente, Domingos Sávio, relatou que o deputado federal Bruno Araújo de Pernambuco foi o escolhido. Entretanto são estes os três titulares oficiais para a convenção nacional de hoje.

O deputado concluiu dizendo que durante o encontro, Aécio Neves, se mostrou extremamente motivado e deixou claro que vai primeiramente trabalhar temas nacionais, os acontecimentos atuais do Brasil e depois vai preocupar com a sua campanha. Ele aproveitou e disse que filiados do PSDB estavam ontem em Brasília para conhecer a Câmara dos Deputados e também participar da convenção que ocorrerá hoje.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.