quarta-feira, 26 de Outubro de 2011 10:05h Sarah Rodrigues

Copasa investe 5 milhões na cidade

O presidente da Copasa Ricardo Simões e o prefeito Vladimir Azevedo assinaram na tarde de ontem, ordem de serviço que implanta diversas melhorias no município.As obras incluem construção de um reservatório na região Sudeste e sistema de monitoramento 3T

Cerca de R$ 5,8 milhões serão investidos em Divinópolis nos próximos meses. O investimento melhorará a qualidade no fornecimento de água no município, que sofreu nos últimos meses com falhas no abastecimento. Na tarde de ontem, o prefeito Vladimir Azevedo assinou juntamente com o presidente da Copasa, Ricardo Augusto Simões Campos a ordem de serviço para o início das obras.


Na solenidade realizada na sede da AMVI (Associação dos Municípios do Vale do Itapecerica), estiveram presentes vereadores, secretários e as pessoas que farão parte do Comitê Gestor, responsável por fiscalizar as ações da empresa, para que o cronograma seja seguido.


De acordo com o prefeito nas outras gestões o abastecimento de água era imposto à população e hoje tudo é feito ‘às claras’, principalmente pela presença efetiva do presidente da concessionária. “Hoje nós temos uma nova relação com a Copasa em Divinópolis, se tivemos omissões históricas no passado, vou voltar a dizer que nós queremos fazer um novo futuro. Hoje nós temos a abertura da licitação daquele trecho, temos a publicação do nosso comitê gestor e uma nova relação com certeza despertando, que trará benefícios acima de tudo para o cidadão divinopolitano”


Para Vladimir as melhorias serão rápidas e a população será a principal beneficiada com as ações, principalmente a região Sudeste, que sofre muito com o problema de abastecimento. “A partir de agora a população poderá desfrutar, quando a gente fala de investimentos, nós falamos de obras, e para obras é preciso recursos, projetos e exigências. Agora é o prazo natural de todos os processos transcorrerem e se Deus quiser, já já, as omissões históricas estarão superadas e a população terá um abastecimento regulado, devido”, frisa.


O presidente da Copasa explicou que as obras melhorarão a qualidade de vida da população e resolverão os problemas de abastecimento. Ele enfatiza que a situação no município não é crítica, mas irá melhorar em pouco tempo. “Na região Sudeste, em que tivemos o maior problema e com as obras que estamos dando ordem de serviço hoje e mais a licitação que publicamos, vamos solucionar o problema de abastecimento em definitivo da região”.


Serão implantados novos encanamentos com diâmetros maiores, devido à vazão, além da construção de um reservatório com a capacidade de um milhão de litros de água na região Sudeste.


Com os investimentos serão adquiridos imediatamente equipamentos de software e serviços para implantação do sistema 3T, composto por Telemetria, Telecomando e Tele supervisão.Com o sistema em funcionamento será possível o monitoramento, em tempo real, do funcionamento das principais unidades operacionais do abastecimento do município.Assim, o sistema de abastecimento de água do município será automatizado, permitido que o controle  das vazões e da pressão da água nas redes, os níveis de reservação, de consumo de água entre outros seja feito até a distância. “O monitoramento permite um melhor controle do sistema, com maior eficácia, além de um equilíbrio e otimização do sistema, facilitando a distribuição da água”, avalia Simões. Os aparelhos devem estar em funcionamento entre 6 a 8 meses.


As obras relativas à ordem de serviço assinada ontem, devem começar de imediato e referente à licitação publicada ontem devem levar cerca de 60 a 90 dias para se iniciarem.

 

 

COMITÊ


Um comitê composto por membros de várias áreas fiscalizará todas as ações. O comitê gestor será composto pelo secretário de meio ambiente Pedro Coelho e o suplente Afonso Salgado. O assessor especial de governo João Luiz de Oliveira (Pancho) e seu suplente Adilson Quadros; representando a procuradoria e a controladoria do município Kelsen Ricardo Rios Lima e o suplente Rogério Eustáquio Farnese.Os representantes do poder Legislativo municipal são os vereadores Anderson Saleme e o suplente Beto Machado. Representando a sociedade civil, Gilson Soares tendo como suplente Afonso Gonzaga.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.