quarta-feira, 21 de Janeiro de 2015 11:20h André Richter - Repórter da Agência Brasil

Defesa de Adarico Negromonte pede absolvição em ação da Lava Jato

A defesa de Adarico Negromonte Filho, um dos investigados na Operação Lava Jato, pediu absolvição sumária à Justiça Federal. Em novembro, o investigado se entregou à Polícia Federal após ter a prisão decretada, mas foi libertado em seguida

Negromonte é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de prestar serviços de entrega de dinheiro a mando do doleiro Alberto Youssef.

Na manifestção, os advogados alegam que a única prova contra o acusado é uma mensagem de texto interceptada pela Polícia Federal, na qual Youssef e José Ricardo Breghirolli, funcionário da empreiteira OAS "dão a entender" que Negromonte seria responsável pela entrega da propina.

"Como dito no interrogatório na fase de inquérito policial, o acusado exercia a função de motorista particular de Youssef, e por isso, por muitas vezes fez a entrega de envelopes lacrados sem ter qualquer conhecimento sobre seus conteúdos", alegam os advogados.

Adarico é irmão do ex-ministro das Cidades Mário Negromonte.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.