terça-feira, 14 de Agosto de 2012 11:06h Gazeta do Oeste

Defesa diz que Romeu Queiroz votou pela aprovação da reforma da Previdência

Durante sua sustentação de aproximadamente uma hora no plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) nesta segunda-feira, o advogado do réu Romeu Queiroz, Ronaldo Garcia Dias, afirmou que seu cliente votou pela aprovação das reformas da Previdência e Tributária, mas que isso foi feito por orientação do PTB.

 

Ainda em sua fala, Dias sustentou que Romeu Queiroz é um empresário bem sucedido em Minas Gerais, “seja na área de negócios, de veículos, ou de consultoria em geral”.

 

 

Durante o tempo em que teve para falar, afirmou aos ministros que Queiroz não cometeu crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, delitos pelos quais ele responde. “Não praticou nenhum ato parlamentar que pudesse magoar a sua posição de parlamentar e sendo assim não há de se falar do crime de corrupção passiva”, disse. “Não há de se falar também, em hipótese alguma, que a sua conduta feriu o dispositivo da lei de lavagem de dinheiro”, completou.

 

 

 

 

 

 

 

EM 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.