sexta-feira, 23 de Setembro de 2016 18:11h Agência Brasil

Depoimento de Mônica Moura é adiado para a próxima semana

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) adiou para o próximo dia 29 o depoimento que Mônica Moura daria nesta sexta-feira (23), em São Paulo, em uma das ações que tramitam na corte pedindo a cassação da chapa vitoriosa na eleição presidencial de 2014, formada por Dilma Rousseff e Michel Temer. Mônica é casada com o publicitário João Santana, responsável pela campanha de Dilma e Temer.

Segundo o TSE, Mônica Moura não foi localizada para ser intimada sobre o depoimento. A nova oitiva está prevista para o o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da Bahia, às 11h do dia 29 deste mês.

Estão mantidas, porém, as audiências do ex-presidente da Camargo Correa Dalton dos Santos Avancini e do vice-presidente da empreiteira, Marcelo Sturlini Bisordi, marcadas para as 15h.

Todas as oitivas são sigilosas.

No dia 28, deve ser ouvido no TRE de Minas Gerais Elton Negrão de Azevedo Júnior, executivo da Andrade Gutierrez. Para o dia 29, no TRE de São Paulo, está previsto depoimento do empresário Cláudio Augusto Mente. No próximo mês, serão ouvidos Giles Azevedo, assessor da ex-presidente Dilma Rousseff, e Marcelo Neri, ex-presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.