quarta-feira, 18 de Julho de 2012 14:34h Carla Mariela

Deputado Federal ressalta a importância do seu trabalho à Frente Parlamentar

Na última segunda-feira, pela manhã, o deputado federal Jaime Martins(PR), abordou a importância de diversos assuntos, em entrevista à imprensa local, e um dos assuntos que foi citado por ele, foi sobre a lei de diretrizes de base da educação que foi votada em nível federal, e, além disso, ele aproveitou o espaço para se pronunciar sobre como foi a sua visita à Alemanha.

 


O seu pronunciamento inicial foi sobre a Lei de Diretrizes de Base da educação, que para ele é fundamental, para a formação das pessoas. “Nós votamos na lei de diretrizes de educação, a nível federal, estabelecendo recursos de forma diferenciada para a educação. Eu também entendo e é óbvio que realmente, a libertação do cidadão, das pessoas, das famílias, será feita por meio de uma educação de qualidade, principalmente, a educação de base, a educação fundamental. Eu, juntamente com o meu partido, nós apoiamos a ampliação dos recursos para a educação. Atualmente, essa discussão se estende entre o percentual de 7% e nós estamos querendo que esse percentual passe para 10%, ainda que não seja de uma vez por enquanto, mas que ele possa de forma crescente até atingir 10% do PIB”, ressaltou.

 

Ainda de acordo com Jaime Martins, aqueles países que investiram em educação, conseguiram realmente, dar um salto de qualidade na vida da população. “Um exemplo agora já dessas últimas décadas, é da Coréia, tive a oportunidade de visitar. A Coréia é um país que deu um salto em termos de industrialização e em termos do crescimento do PIB, em função de uma política bastante agressiva na área da educação. Eu acho que o Brasil também precisa despertar para isso. Nós somos um país que possui um enorme potencial de bens de recursos naturais, mas infelizmente ainda utilizamos muito mal. Temos que investir no cidadão, nas pessoas, nas crianças, nos jovens e dar a todos uma educação de qualidade. Eu destaco a Catarina, que é uma lutadora por essa esfera da educação aqui no Município de Divinópolis, temos que colocar a disposição para que nós estejamos no Congresso Nacional votando naquelas matérias importantes para a formação do cidadão e que sejam importantes para a educação”, abordou.

 

Ele aproveitou a oportunidade e detalhou sobre a sua viagem na Alemanha. Segundo Jaime Martins, a última viagem que ele fez, ele foi convidado pela Confederação Nacional da Indústria. “Esse encontro foi um encontro econômico entre Brasil e Alemanha, e fui convidado para proferir lá algumas palestras para entrarem em algumas discussões, sobretudo na infraestrutura brasileira, da necessidade evidente da construção de mais rodovias”, disse.

 

De acordo com Jaime Martins, ele foi representando a Câmara dos Deputados para participar desses debates. “Naturalmente, aproveitando essa nossa estada na Alemanha, nós visitamos a cidade de Berlim capital hoje da Alemanha reunificada, para conversas com o nosso embaixador na Alemanha. Por exemplo, fui convidado pela direção de uma empresa, que é a maior operadora logística da Europa. É uma empresa estatal, que opera todo o sistema de metrô, de trem de alta velocidade e de carros. Eu aproveitei em fazer essa visita nas empresas que estão vindo para o Brasil. Nós, hoje, estamos mudando o nosso sistema ferroviário, que vai dar melhorias para o sistema de transporte sobre trilhos no Brasil”, afirmou.

 


Conforme as informações transmitidas por Jaime Martins, essa empresa vai vir para atuar em Divinópolis, junto com o Cefet. “Que Divinópolis continue sendo como era no passado, um centro de formação de pessoas, de técnicos, de engenheiros, de pesquisas, de pessoas que possam estar fazendo pesquisa para que possam aplicar na ferrovia”, discursou.

 


Por fim, a votação da lei de diretriz de educação; e a ida para a Alemanha tem como objetivo chamar atenção para mais formação para a sociedade, e principalmente, para os cidadãos divinopolitanos. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.