terça-feira, 25 de Fevereiro de 2014 07:08h Carla Mariela

Deputado federal se reúne com secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais

O deputado federal, Jaime Martins (PSD), ontem à tarde, falou sobre o encontro que teve recentemente com o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais.

O deputado federal, Jaime Martins (PSD), ontem à tarde, falou sobre o encontro que teve recentemente com o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG), Alexandre Silveira, que durou mais de três horas para tratar sobre questões voltadas à saúde de Divinópolis e Centro Oeste.
De acordo com o parlamentar, o primeiro assunto apresentado para o secretário foi sobre a implantação do Samu em Divinópolis e mais 54 municípios. Segundo Jaime Martins, ele levou uma documentação ao secretário para informá-lo sobre o consórcio realizado entre estes municípios. Martins relatou que solicitou de Alexandre Silveira o máximo de atenção para a efetivação da instalação da rede do Samu.
O deputado explicou que o secretário ainda não tinha recebido a informação da criação do consórcio. Ao ter ciência do comunicado, o secretário já determinou que fosse realizado no mês de março, o início da primeira etapa da criação da rede, começando pelo treinamento dos profissionais. “Este foi um passo importante porque para a instalação do Samu, precisamos também de equipamentos de veículos adequados para o atendimento, com pessoal treinado e com hospitais e equipamentos adequados para atender os estados de urgência e emergência”, abordou.
Entretanto, Jaime Martins, esclareceu para o secretário que a formação do consórcio entre os municípios foi formalizada, ao todo são 55 municípios e já foram eleitos à direção e o conselho fiscal.

 

Sobre o hospital São João de Deus
Ao enfatizar sobre as questões voltadas ao Hospital São João de Deus (HSJD), Jaime Martins disse que se reuniu com o promotor Dr. Ubiratan Domingues, com os representantes do hospital para tratar da liberação de mais recursos para o andamento do processo de transição do hospital. “Fomos solicitar do secretário a liberação dos recursos que já tinham sido prometidos por secretários anteriores, como por exemplo, um montante de R$3,8 milhões. Hoje o hospital tem 21 leitos de UTI funcionando, mas a intenção é que passe para 39. O secretário prontificou a ajudar”, relatou.
Outro assunto debatido foi sobre um repasse em relação ao Programa Pró-hosp. Conforme Jaime Martins, já tinha sido repassado um montante e agora foi liberado o restante no valor de R$1 milhão de recursos que deve chegar aos cofres do hospital para ajudar nesta parte de transição. Além disso, foi conversado também sobre a finalização do processo licitatório para a duplicação do hospital do câncer e sobre a construção de um novo hospital público em Nova Serrana. “Já destinei recursos federais para o hospital de Nova Serrana e devemos iniciar ainda neste ano a construção deste. No momento o projeto para a construção do hospital está em fase de tramitação. Mas, em breve daremos início a este hospital”, encerrou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.