segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2013 06:03h Carla Mariela

Deputado Federal solicita do Governo a criação de um instrumento para estimular a exportação de leite e derivado

Conforme, Domingos Sávio, o Brasil tem grande capacidade de produção e fechou acordo com Argentina

O deputado federal, Domingos Sávio (PSDB), após uma semana de reuniões com a Comissão de Leite, relatou em entrevista a Gazeta do Oeste, ontem pela manhã, que conseguiu fechar um acordo com a Argentina. Ele defende a ideia de que deve haver a criação de um instrumento para motivar a exportação de leite e derivado por meio do Brasil, uma vez que o país tem capacidade de produzir.
De acordo com Domingos Sávio, o país já estava apresentando níveis de 9 mil toneladas por mês, que estava entrando para o país. Conforme, o deputado Federal, houve uma disparada de importação. Ele destacou que conseguiu no início do ano fechar o acordo com a Argentina e que recentemente participou de uma solenidade no gabinete do Ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, em que ele atendeu um apelo do deputado. “Houve a celebração com a OCB, Organização Cooperativas do Brasil, que eu sou um dos membros da frente parlamentar na Câmara. Nós pedimos ao governo que criasse um instrumento para estimular a exportação de leite e derivado. O Brasil é um país imenso com capacidade enorme de produção e já foi um grande exportador de leite, se nós ficarmos mais competitivos na exportação talvez até não nos incomode alguma importação, o certo é que nós não podemos estar hoje como estamos tendo leite importado e sobrando leite aqui dentro do Brasil”, ressaltou.
Ainda segundo o deputado, a consequência disso, é que se começa a pagar mal o produtor de leite, as indústrias de laticínio fecham as portas ou tem dificuldade graves e com isso se perde emprego, perde riqueza no nosso país, sendo que o leite é um produto essencial à vida de todos, por isso deve ser tratado com a responsabilidade de um produto que faz parte da segurança alimentar do brasileiro. Ele salientou que é por isso que luta tanto por essa causa porque lutando pelo leite, o tucano disse ainda que está lutando pelo produtor de leite e pelo consumidor de leite. Para Domingos Sávio é necessário a política nacional para essa área e isso está começando acontecer.
O deputado reforçou o acontecimento do seminário no ano passado onde uma das coisas que se pedia era que o Brasil ao invés de ser importador, ele tem que ser exportador.  “Nós temos capacidade para isso e ontem foi assinado um convênio com a agência para exportação, do Governo Federal com a OCB, para criar uma série de apoios, estímulos e motivação para a indústria brasileira para a exportação de leite e derivados”, finalizou.

 

Colaboração Liziane Ricardo

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.