terça-feira, 28 de Outubro de 2014 11:02h Karine Melo – Repórter da Agência Brasil

Diretor de Abastecimento da Petrobras depõe amanhã na CPI da estatal

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito da Petrobras ouve amanhã (29) o diretor de Abastecimento da estatal, José Carlos Cosenza

O executivo assumiu o posto deixado por Paulo Roberto Costa, preso pela Polícia Federal na Operação Lava Jato.

Cosenza deveria ter falado à comissão na última quarta-feira (22), mas encaminhou atestado médico no dia do depoimento alegando razões de saúde para não comparecer. A legitimidade do documento está sendo investigada pela CPMI já que o atestado não apresentou a Classificação Internacional de Doenças (CID), que revela o problema de saúde do paciente.

A expectativa dos autores do requerimento de convocação do executivo é de que ele esclareça revelações de Paulo Roberto Costa feitas pela imprensa. De acordo com elas,  José Carlos Cosenza estaria ligado a crimes praticados pelo doleiro Alberto Youssef – preso por crimes contra o sistema financeiro, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa.

Um dos deputados que assinam o requerimento de convocação do diretor, Carlos Sampaio (PSDB-SP), destaca que apesar da demissão de vários executivos da Diretoria de Abastecimento da Petrobras, Cosenza, “por indicação do PMDB, não caiu”.

O depoimento de Cosenza foi confirmado depois que o presidente da CPI mista da Petrobras, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), cancelou a participação do doleiro Alberto Youssef na sessão de amanhã.

Vital considerou contra-producente “fazer uma mobilização enorme de transporte para ele ficar calado”. Youssef foi convocado no último dia 21, mas sua defesa alegou que ele se manteria calado, para não quebrar o acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal e a Justiça Federal, e ainda pediu o cancelamento da audiência por conta das condições de saúde do doleiro, que segue internado em Curitiba, por um problema cardiovascular.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.