segunda-feira, 23 de Dezembro de 2013 04:35h Carla Mariela

Dois nomes são indicados para substituir o secretário de saúde e o superintendente da Usina de Projetos

Dois dos quatro servidores afastados da prefeitura de Divinópolis por 180 dias, já tem os seus substitutos. A informação que chegou até a redação da Gazeta é que o secretário municipal de Saúde Dárcio Abud será substituído por David Maia e o superintendente da Usina de Projetos, Lúcio Espíndola, será substituído pelo vice-prefeito da cidade Rodrigo Resende (PDT).
Após contato com a prefeitura, a assessoria por meio de nota, informou que o prefeito Vladimir Azevedo (PSDB) confirma os novos nomes que irão ocupar as pastas de Saúde e Usina de Projetos.  A decisão do Poder Executivo foi optar pelo remanejamento de cargos dentro da própria equipe de Governo.  

Então, a partir do dia 02 de janeiro de 2014, responderá pela secretaria municipal de Saúde, David Maia, atual diretor geral da Empresa Municipal de Obras Públicas (Emop).  Para seu cargo será nomeado Antônio Carlos Castelo que acumulará função com sua atual pasta, a secretaria municipal de Fazenda.

Ainda baseada na nota de hoje até a data da efetivação de David em seu novo cargo, responderá pela secretaria de Saúde, a diretora de Regulação em saúde, Inês Leão.

Também no mês de janeiro acumulará função, o vice-prefeito, Rodrigo Resende, que responderá pela superintendência da Usina de Projetos. 

Estas mudanças segundo o gestor Vladimir Azevedo mostram que a importância de ter uma equipe bem articulada e pronta a atender ao remanejamento, garante com eficiência o andamento dos projetos sem gerar novos custos com despesas de pessoal.

Em entrevista por telefone, o vice-prefeito Rodrigo Resende, ressaltou que já era uma vontade do Lúcio Espíndola se afastar da Usina porque este estava com alguns projetos pessoais e por meio dos acontecimentos a sua saída acabou se antecipando. “Desde junho já existia esta conversa no gabinete, quanto a saída do Lúcio Espíndola e da possibilidade de eu assumir esta pasta em seu lugar. Já estou me inteirando sobre os assuntos da Usina e quais os projetos que ela está realizando. Estou tranquilo porque eu já estava me preparando para isso”, abordou.
A reportagem entrou em contato com David Maia, mas ele não foi encontrado para se pronunciar sobre esta sua indicação para a pasta de saúde.

Relembre o afastamento dos quatro servidores
À medida que afastou os quatro servidores da prefeitura de Divinópolis ocorreu em cumprimento de determinação judicial. Conforme reportagem da Gazeta do Oeste na edição de número 2225, os quatro servidores são citados em um Inquérito Civil Público referente ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
Segundo nota encaminhada pela prefeitura, o prefeito Vladimir Azevedo (PSDB) assinou o decreto de afastamento temporário dos servidores, cumprindo a determinação judicial, assinada pelo Juiz Mauro Riuji Yamane, que deferiu liminar, que cita os referidos em procedimento investigatório originado na gestão de 2005/2008 anterior aos mandatos do prefeito Vladimir Azevedo.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.