Dr. Simão Salomé é homenageado pela Câmara Municipal

Nome do consagrado advogado, que faleceu em 2010, irá denominar sala jurídica do Legislativo

A Câmara Municipal de Divinópolis aprovou, ontem, o Projeto de Resolução de no CM 008/2011, de autoria do presidente Pastor Paulo César (PRB), o qual denomina de “Dr. Simão Salomé”, a Sala das Comissões, onde funciona a Consultoria Jurídica da Casa. Paulo César usou da tribuna para ressaltar a grandiosidade do trabalho do advogado, natural de Cláudio, que faleceu em 2010, aos 94 anos, e marcou a história de Divinópolis.


Paulo César ressaltou que todas as pessoas, que conhecem um pouco a respeito da história política e de formação do município sabem e reconhecem o valor de quem foi Dr. Simão Salomé. “Se Divinópolis chega a seu Centenário da forma, que chegou, sem dúvida, Simão Salomé tem uma participação incrível e grandiosa para isso”, declarou. 


O presidente destacou que a denominação de um dos espaços da Casa é uma pequena homenagem perto do que Dr. Simão, “um grande homem”, realizou pela cidade. “É uma homenagem pequena se comparada ao trabalho realizado, porém se reveste de uma importância muito grande porque é prestada por todos os vereadores, que são legítimos representantes do povo”, declarou. O presidente disse deverá ser feita uma cerimônia simples para descerramento da placa com a participação dos familiares.


História


Simão Salomé de Oliveira nasceu no Município de Cláudio, em 1916 e faleceu em junho de 2010. Formou-se em Direito pela Faculdade de Direito da UFMG, em Belo Horizonte. Atuou em Belo Horizonte como repórter dos Diários Associados, Estado de Minas e Diário da Tarde,  e no Rio de Janeiro pertenceu a equipe do Diário de Notícias. Advogado atuante, em Divinópolis e nas Comarcas da região Centro-Oeste, foi assessor jurídico de grandes nomes da história divinopolitana, como: Pedro X Gontijo, Jovelino Rabelo, Geraldo Corrêa, Irmão Diamantino e Rafael Assunção Vaz. Foi também professor de História Geral, no antigo Ginásio São Geraldo; de Direito Comercial, na FADOM; de Direito Tributário, na FACED. Além disso, ocupou o cargo de primeiro gerente da filial da Caixa Econômica Federal na cidade e foi o primeiro diretor do antigo Ginásio Industrial Estadual, hoje Escola Estadual Engenheiro Pedro Magalhães. Foi também um dos fundadores e primeiro Presidente da 48º subseção da OAB em Divinópolis e fundador do departamento de Assistência Judiciária na Comarca, hoje, Defensoria Pública de Divinópolis.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.