segunda-feira, 29 de Outubro de 2012 04:22h Gazeta do Oeste

Eleito em Santo André, Carlos Grana diz que adversário 'dormiu no 1º turno'

 O prefeito eleito de Santo André, Carlos Grana (PT), disse na noite deste domingo (28) que seu adversário "dormiu no 1º turno das eleições ao não fazer campanha". Ele derrotou nas urnas o atual prefeito da cidade, Aidan Ravin (PTB).

Na declaração feita do diretório do partido no Centro da cidade do ABC, Grana agradeceu a confiança do povo e das lideranças políticas presentes, como a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, do deputado federal Vanderley Siraque (PT) e de Luiz Marinho, prefeito reeleito de São Bernardo do Campo.

“A atual prefeito dormiu no 1º turno inteiro e não fez campanha. Em um ataque de desespero, ele começou a me atacar e, a cada ataque, eu respondia com uma proposta. O Aidan está buscando desculpa para a derrota”, afirmou Grana.

 “Foi uma campanha intensa, tivemos a oportunidade de mostrar que temos um projeto que quer unir a cidade para o desenvolvimento nos moldes que o partido executou na Prefeitura de Santo André, nos moldes da administração dos ex-prefeitos Celso Daniel e João Avamileno”, disse.

O candidato vitorioso também afirmou que fez uma campanha "transparente e aberta" e que não usou instrumentos que não fossem éticos. Ele criticou as ligações recebidas pelos eleitores durante a madrugada deste domingo pedindo votos para seu adversário e negou as acusações de Aidan que disse ser uma manobra da oposição que queria culpá-lo pelos telefonemas.

"Não tem 13, não tem 14, não tem azul, não tem vermelho. Vamos governar sem ódio", declarou. Grana parabenizou o petista Fernando Haddad, eleito prefeito de São Paulo, durante seu discurso. “Ao vencedor a comemoração, ao perdedor, vai chorar na cama que é local quente”, disse o petista.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.