quinta-feira, 26 de Julho de 2012 17:48h Gazeta do Oeste

Emenda zera impostos da Cesta Básica

O deputado federal Domingos Sávio (PSDB) considerou positivo o balanço dos trabalhos legislativos na Câmara Federal no primeiro semestre do ano.  A emenda proposta pelo PSDB que levou a zero os impostos que incidem sobre os alimentos da cesta básica foi comemorada pelo parlamentar. Na condição de vice-líder do partido, Domingos Sávio participou ativamente das negociações entre oposição e base governista para aprovar a Medida Provisória 563/12 que dá isenção fiscal de PIS, Cofins e IPI para os alimentos da Cesta Básica.

 


“Nós, na condição de oposição, verificamos que no texto original, o governo estava deixando de atender a grande maioria da população. Embora seja importante a indústria automobilística, ela atende apenas alguns setores da produção brasileira. A área de alimentos, por exemplo, representa milhares de empresas e trabalhadores e atende a 100 % da população que é o consumidor. Com isso, nós apresentamos uma emenda à Medida Provisória 563, em que estabelecemos a isenção total de impostos sobre os produtos da cesta básica” explicou o deputado.

 


Domingos Sávio considerou necessária a reforma tributária para o desenvolvimento da economia brasileira.  “Um programa de incentivo ao consumo, capaz de fazer a economia brasileira aquecer deve atender a todos os brasileiros e não a um segmento. Com a nossa emenda, buscamos incentivar a agricultura, a pecuária e a indústria de alimentos no Brasil, que é a indústria que mais emprega além de beneficiarmos o consumidor final porque nós temos a possibilidade de reduzir o preço dos alimentos em até 10% em média” ressaltou Domingos Sávio.

 


A medida será apreciada pelo Senado nos primeiros dias de agosto e, se aprovada, seguirá para avaliação da presidente Dilma Rousseff.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.