sábado, 5 de Dezembro de 2015 04:34h ALMG

Escola capacita coordenadores do Parlamento Jovem 2016

Durante três dias, os coordenadores que atuarão nas 49 câmaras municipais parceiras participaram de oficinas e painéis

A Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) promoveu, da última quarta-feira (2/12/15) até esta sexta (4), o Curso de Formação de Coordenadores do Parlamento Jovem de Minas 2016, que vão trabalhar sobre o tema Mobilidade Urbana. O objetivo do encontro é capacitar os coordenadores que atuarão nas 49 câmaras municipais parceiras do projeto, além de propiciar reflexões que facilitem a gestão do projeto nos municípios polos.

As atividades desses três dias foram conduzidas por servidores da ALMG e professores da PUC Minas, que são parceiros no projeto. No encontro foram ressaltados o fortalecimento da parceria entre as três instâncias de atuação, a pactuação dos documentos que são diretrizes para 2016 (calendário, regulamento e organização de polos) e os subsídios para realização do processo formativo do Parlamento Jovem de Minas 2016.

Durante o curso, os coordenadores também participaram de oficinas voltadas para as formações política, temática e de diagnóstico, além de conheceram os métodos e técnicas para realização de oficinas de trabalho. Os coordenadores também tiveram palestra sobre o uso das mídias digitas no projeto e a dinâmica dos trabalhos da plenária estadual, que é realizada no Plenário da ALMG.

A coordenadora estadual do Parlamento Jovem e servidora da ALMG, Fernanda Freitas, avaliou esses três dias como intensos, dinâmicos e enriquecedores. Ela destacou que a troca e a vivência proporcionaram uma oportunidade de interação entre os coordenadores municipais, regionais e estadual. “Foi a construção de um saber coletivo, de um projeto em rede”, disse Fernanda.

Segundo ela, o curso encerrou a fase de preparação do Parlamento Jovem de Minas 2016. A próxima fase é de implantação do projeto nos municípios, com a atuação dos parceiros locais, a sensibilização da comunidade e o contato com as escolas participantes para a formação de monitores que vão trabalhar com os estudantes.

Tema de 2016 – O tema Mobilidade Urbana foi escolhido pelos alunos do ensino médio representantes de cada município na etapa estadual, realizada em outubro. Os estudantes optaram por um entre três temas sugeridos pela Coordenação Estadual e pela Área de Consultoria da ALMG (Governança Democrática, Inclusão Social das Pessoas com Deficiência e Mobilidade Urbana). O grupo levou em conta critérios como viabilidade, originalidade e relevância. E os assuntos foram selecionados a partir de propostas feitas pelos municípios.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.