sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014 05:34h Atualizado em 19 de Dezembro de 2014 às 05:36h. Jotha Lee

Estado confirma entrega do hospital regional para julho do ano que vem

Custo da obra subiu de R$ 42 milhões para R$ 100 milhões

O governo do Estado confirmou a previsão feita pelo prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo (PSDB), e informou que o Hospital Regional será entregue em julho de 2015. A gerente do Projeto de Implantação dos Hospitais Regionais do governo estadual, Flávia Etelvino, informou à Gazeta do Oeste que a obra está em fase de acabamento, com a finalização da colocação dos pisos e pintura interna e externa. Segundo ela, o próximo passo será a aquisição de todo equipamento necessário, cujos recursos já estão previstos pelo governo mineiro.
Com as obras iniciadas em 2010, o governo de Divinópolis anunciou a inauguração do hospital para 2013. Entretanto, sob argumento de falta de recursos e dificuldades de caixa, a entrega da obra foi adiada para 2015 e, agora, o governo estadual confirma que este cronograma está mantido. Com custos iniciais previstos em R$ 42 milhões, o hospital será entregue ao custo total de R$ 98,9 milhões, conforme informou Flávia Etelvino.
Além de Divinópolis, outras onze cidades receberam hospitais públicos bancados pelo governo estadual, entre elas Uberlândia, onde a obra foi entregue em 2010. As outras cidades contempladas são Uberaba, Conselheiro Lafaiete, Sete Lagoas, Juiz de Fora, Governador Valadares, Montes Claros, Teófilo Otoni, Além Paraíba, Novo Cruzeiro e Nanuque.
Flávia Etelvino garante que a implantação dos hospitais regionais foi motivada pelo desempenho do Pro-Hosp, que embora não tenha sido um fracasso, não atendeu a demanda exigida em Minas Gerais.
“Apesar dos avanços alcançados com a implantação do Pro-Hosp, programa de modernização e fortalecimento da rede hospitalar em Minas Gerais, a construção dos hospitais não foi uma decisão aleatória do Governo de Minas. Foi, sim, resultado do amadurecimento do Pro-Hosp, que apontou a necessidade de se construir hospitais que além de suprirem a carência de leitos resolutivos, atuariam como âncoras das redes. Tendo isso em mente, o primeiro passo para concretizar o projeto de construção dos hospitais foi a realização de um diagnóstico do atual desenho da estrutura hospitalar de Minas Gerais, que compreendeu não somente a distribuição física dos hospitais do estado, como também o escopo e qualidade dos serviços ofertados”, explicou Flávia Etelvino.
O Hospital Regional de Divinópolis será uma unidade geral de urgência, emergência, cirurgias de média e alta complexidade e partos de alto risco. De acordo com Flávia Etelvino, inicialmente serão 210 leitos, com possibilidade de expansão para 500, que atenderão uma população de 1,2 milhão de habitantes de 55 municípios. Ela confirmou ainda que o custo total da obra chega muito próximo de R$ 100 milhões. “O total de investimentos na construção é de R$ 98,9 milhões, sendo R$ 78,9 milhões de recursos estaduais”, finalizou.

 

Crédito: Jotha Lee

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.