quinta-feira, 24 de Dezembro de 2015 13:42h Atualizado em 24 de Dezembro de 2015 às 13:44h. Jotha Lee

Ex-promotor pode disputar a sucessão municipal pelo PSDB

Presidente estadual do partido diz que convite já foi feito e conversas estão adiantadas

Para quem esperava uma grande surpresa na política divinopolitana, especialmente na sucessão do prefeito Vladimir Azevedo (PSDB), ela pode estar a caminho. E virá exatamente do partido do prefeito, que até agora vinha se mantendo em silêncio sobre o processo sucessório municipal. Desde o início do ano, o prefeito Vladimir Azevedo vem dando maior visibilidade ao vice-prefeito Rodrigo Resende (PDT), que se colocou na condição de pré-candidato pelo seu partido e já está em campanha. Entretanto, isso não significa que o PSDB municipal vá apoiar a candidatura do vice-prefeito. Ao contrário, os tucanos já estão buscando um nome de consenso para entrar firme na disputa.
Ontem, o deputado federal Domingo Sávio, presidente do Diretório Estadual do PSDB e principal estrela do partido em Divinópolis, afirmou que a legenda está buscando alternativas, embora tenha admitido, numa última hipótese, apoiar a candidatura do vice-prefeito. Em entrevista ao Jornal Gazeta do Oeste o deputado federal disse já ter conversado com Rodrigo Resende sobre o assunto, mas garantiu que o PSDB está articulando um nome para entrar na disputa como cabeça de chapa.
Domingos Sávio afirmou que não teria nenhuma dificuldade em apoiar a candidatura de Rodrigo Resende. “Disse a ele que não teria dificuldade desde que sua candidatura viesse com consistência e com o devido apoio, a começar do seu próprio grupo político”, afirmou. “O Rodrigo Resende é o vice-prefeito indicado pelo Jaime Martins. O deputado Jaime Martins tem uma presença muito forte dentro do governo do prefeito Vladimir Azevedo. Ele indicou o vice-prefeito e vários secretários municipais. E eu disse ao Rodrigo que não seria razoável ele querer o meu apoio, o apoio do PSDB, sem sequer o seu principal líder, que é o deputado Jaime Martins, declarar com clareza que o apoiaria. A gente vê que hoje o deputado Jaime está muito ligado ao PT e eu não poderia correr o risco de declarar apoio ao Rodrigo e depois na última hora eu ver não só o próprio Jaime, mas também o Rodrigo, aliados ao PT. Isso deixaria o PSDB numa situação muito desconfortável do ponto de vista político. Eu tenho uma preocupação em manter coerência na vida pública e não tenho a menor disposição de me aliar ao PT”, analisou.

 

EX-PROMOTOR
O deputado federal lembrou que já foi prefeito de Divinópolis, ressaltando a preocupação que tem com o futuro da cidade e admitiu que é hora de repensar a política na cidade. “Eu acho que é o momento, sim, de se aprofundar a discussão sobre o futuro de Divinópolis e como todo divinopolitano eu quero o melhor para a cidade. Sinto que é hora de buscar uma nova política para Divinópolis. Algumas mudanças profundas são necessárias”, admitiu.
Sávio disse que já iniciou conversas com novas lideranças e que o nome do futuro candidato a prefeito pelo PSDB poderá ser o do ex-promotor Expedito Lucas da Silva. “Eu já comecei a conversar com algumas novas lideranças”, afirmou, citando nominalmente o ex-promotor. “Eu o tenho convidado para que possa entrar para a vida pública, para trazer sua experiência, sua história de vida, sua dedicação a favor de Divinópolis. Um homem de uma vida exemplar e de uma dedicação muito grande às causas sociais na nossa cidade. Eu percebi nele a clara disposição de aprofundar o debate sobre servir Divinópolis”, garantiu. “Eu acho que é hora de Divinópolis se abrir para ver o valor de outros filhos dessa terra, naturais ou adotivos, que possam ser lembrados numa disputa para prefeito”, acrescentou.
Embora não tenha batido o martelo, mantendo o discurso de que o prazo para a definição dos candidatos vai até março do ano que vem, Domingos Sávio foi claro ao assegurar que Expedito Lucas da Silva é uma alternativa do PSDB. “Sem dúvida. Ele pode ser uma alternativa de candidato a prefeito, uma vez que ele reúne experiência não só como o grande promotor público que foi, mas também como defensor das causas sociais. Nós estamos em um momento em que precisamos ter um nome que reúna não só capacidade administrativa, mas com um perfil que nos dê tranquilidade com relação a valores morais e éticos. E em minha opinião, Dr. Expedito é um exemplo que reúne essas condições”, ponderou. Disse ainda que essa decisão ainda dependerá de uma avaliação do próprio Expedito Lucas da Silva, que já sinalizou que poderá aceitar o convite do partido.
Domingos Sávio esclareceu que ainda não há uma conclusão da conversa entre ele e o ex-promotor, mas tudo caminha para um desfecho feliz. “Acho que o nome do futuro prefeito de Divinópolis ainda não está, sequer, sendo colocado nas pesquisas. Há um ambiente propício para termos alguma novidade. Nossa conversa [com o ex-promotor] foi no sentido de debatermos os problemas de Divinópolis e chegamos ao entendimento de que não há como resolvê-los se não participarmos do processo. Ainda não houve uma conclusão, mas a porta foi aberta e eu vou continuar essa conversa com Dr. Expedito”, finalizou.

 

Créditos: Jotha Lee

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.