segunda-feira, 7 de Outubro de 2013 04:56h Carla Mariela

Ex vice-prefeito de Divinópolis afirma que não se filiará a nenhum partido e encerra vida pública

Conforme Francisco Martins, ele coloca fim na sua vida pública, uma vez que ao longo dos anos em que esteve inserido na política, percebeu que ele discorda bastante do sistema político atual do Brasil. A partir de agora ele vai ajudar Divinópolis com açõe

O ex vice-prefeito de Divinópolis e atual empresário, Francisco Martins, em entrevista por telefone a Gazeta do Oeste, confirmou ontem à tarde, o encerramento da sua participação na vida política.
Conforme Francisco Martins, ele coloca fim na sua vida pública, uma vez que ao longo dos anos em que esteve inserido na política, percebeu que ele discorda bastante do sistema político atual do Brasil.
Segundo ele, quando fazia parte da política, sentia contrariedade em determinados momentos. “A política no país não me representa, pois o sistema político do Brasil está falido. A partir de agora como cidadão eu quero contribuir com ações voluntárias para a cidade. Quero dizer que esta foi uma decisão segura e madura”, destacou.
Para Martins, a política é um teatro. Conforme ele, os limites de gastos de campanha, são muito altos e ainda acrescentou dizendo que os mandatários trabalham com o dinheiro público.
Após o anúncio, Martins afirmou que não vai fazer nenhuma filiação partidária para a disputa das eleições de 2014 e um dos seus projetos voluntários que já está em andamento é o “Avança Centro Oeste”.
O empresário esclareceu que o objetivo deste projeto é buscar um melhor desenvolvimento para a região Centro Oeste, seja no quesito econômico, estrutural, educacional, cultural ou da saúde. Esta busca vai ocorrer por meio de uma aquisição de maior espaço de deputados da região na assembleia e no Congresso.
Entretanto, Martins que já foi vereador e vice-prefeito em Divinópolis, deixou claro que a partir de agora ele vai ajudar Divinópolis como um cidadão comum e não mais como político.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.